CAPACIDADES DINÂMICAS COMO FATOR RELEVANTE NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL EM INDÚSTRIAS DE BASE TECNOLÓGICA

RENATA POLIANA VIEIRA

Resumo


RESUMO
VIEIRA, Renata Poliana. Capacidades dinâmicas como fator relevante no desempenho organizacional em indústrias de base tecnologica. 2016. Dissertação de Mestrado – Faculdade de Ciências Empresarias (FUMEC), Belo Horizonte.
A disputa das organizações pela liderança, em um mercado imprevisível que se move com rapidez, está relacionada à sua capacidade de adaptação e inovação às forças externas.
Com a disponibilidade de informação cada vez mais abundante e dispersa, o aprendizado contínuo torna-se uma habilidade indispensável para a aquisição de recursos e competências necessários para o desempenho organizacional.
A interdependência dos processos organizacionais com a gestão do conhecimento e inovação será abordada, no contexto deste trabalho, através de dois construtos: Capacidades dinâmicas e Desempenho organizacional.
Busca-se definir um modelo viável para mensurar e aprimorar a atuação das capacidades dinâmicas e, consequentemente obter desempenho organizacional, em indústrias de base tecnológica. Esse segmento reúne características bem específicas: empregar profissionais de alta qualificação; investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D); vinculação a universidades e centros de pesquisa; Vulnerabilidade aos constantes avanços tecnológicos em escala global, dentre outros.
Palavras-chave: Gestão do Conhecimento; Inovação; Capacidades Dinâmicas; Desempenho Organizacional; Indústrias de Base Tecnológica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)