Análise da aplicabilidade de um modelo de maturidade para avaliação nos processos tributários: Estudo de Caso em uma empresa de Energia Elétrica

Valquiria Mendes Figueiredo

Resumo


A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, enquanto órgãos fiscalizadores da arrecadação tributária, desde 2003, vêm alterando e aprimorando os sistemas de coleta de informações fiscais, de entrega de obrigações acessórias e de compartilhamento de dados e de cadastros dos contribuintes. Essas transformações, que possibilitaram ao fisco melhores ferramentas de controle, compartilhamento e cruzamento de dados, trouxeram impactos financeiros para as empresas, tanto porque precisaram modernizar os sistemas de gestão e de infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação para atenderem às novas exigências do fisco, quanto por tornarem-se mais expostas às autuações fiscais. E neste cenário é importante mensurar o grau de maturidade que em que os processos tributários se encontram, nas empresas.  O Modelo PEMM- Process and Enterprise Maturity Model é uma possibilidade de mensurar o grau de maturidade dos processos, dos projetos e das pessoas no ambiente de utilização dos sistemas de gestão de empresas. A possibilidade de aplicação neste estudo do Modelo PEMM e outros adequados para a área financeira em seus aspectos impactantes, visa identificar sua eficiência como ferramenta de gestão no processo tributário de entrega das obrigações acessórias de uma empresa do ramo de energia elétrica.


Texto completo:

PDF

Referências


BLANK, Joshua D. Sigilo Fiscal E Compliance Tributária Nos Estados Unidos (Tax Privacy and Tax Compliance in the United States).Transparencia Fiscal e Desenvolvimento (Eurico Marcos Diniz de Santi, Fiscosoft/Thomson Reuters). 2013.

BRASIL, RECEITA FEDERAL.Relatório do resultado da arrecadação 2015. Disponível em: . Acesso em: 03 out.2015.

CARVALHO, Rodney Ferreira de . Gerenciamento de Processos de Negócios para e-Governo, 2010. Disponível em:

Acesso em: 03 out.2015.

DA NÓBREGA, Simone Nunes; OLIVEIRA, Joyce Aline; REBOUÇAS, Rodrigo. Modelos de Maturidade de BPM: Um Estudo Qualitativo sob a Perspectiva de Especialistas. 2015

DE MELO SANTOS, Nathália; DA SILVEIRA, Rebecca Impelizieri Moura; SANTOS, Fabrycia Maria Teodoro. Evolução da teoria organizacional: as perspectivas da teoria sistêmica e da gestão por processos. Gestão Contemporânea, n. 10, 2011.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008. Disponível em:. Acesso em 13 set. 2015.

GHELLERE, Vitor Valentin Piuco. A governança tributária como diferencial competitivo. 2013.

GONÇALVES, José Ernesto Lima. As empresas são grandes coleções de processos. RAE- Revista de Administração de Empresas, São Paulo, jan./mar. 2000b. GONÇALVES, José Ernesto Lima. As empresas são grandes coleções de processos. RAE- Revista de Administração de Empresas, São Paulo, jan./mar. 2000b. Acesso em: 03 out.2015.

HAMMER, Michael - The Process Audit - 0407.pdf.” Accessed October 2, 2015. Disponível em: . Acesso em: 03 out.2015.

HAMMER, Michael, Process and Enterprise Maturity Model, Accessed October 2, 2015. http://www.bptrends.com/publicationfiles/07-07-ART-HammersPEMM-Power-final1.pdf.

JÚNIOR, R. & Ferreira, L. (2006). Avaliação de um sistema ERP-SAP R/3 como Instrumento para gestão financeira na área de contas a pagar em uma empresa de Telecomunicações. Brasília, Universidade Católica de Brasília

KAUARK, F; MAGALHAES, F. C.; MEDEIROS, C. H. Metodologia da pesquisa: guia prático. Itabuna: Via Letterarum, 2010. Disponível em:. Acesso em 13 set. 2015.

LIZOTE, Suzete Antonieta; MARIOT, Diego Menin. A estrutura do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED): um estudo das novas obrigações. Navus-Revista de Gestão e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 17-25, 2012.

MASCARENHAS, Sidnei Augusto. Metodologia científica.São Paulo, 2012.

MELLO, NEWTON OLLER; DIAS, EDUARDO MARIO. 2ª Geração da Nota Fiscal Eletrônica no Brasil–Novo Paradigma do Modelo Baseado em Eventos. In: CONTECSI-International Conference on Information Systems and Technology Management. 2012. p. 608-627. Disponivel em: Acesso 02 Out. 2015.

MORENO, Valter de Assis Jr., Felippio, Camila Kuschick . Proposta e Aplicação de um Modelo de Maturidade da Gestão por Processos. 2013. Disponível em: . Acesso 02 Out. 2015.

MOREIRA, Maria José Belém Martins. Contribuições aos modelos de maturidade em Gestão por Processos e de Excelência na Gestão utilizando o PEM e o MEG. 112 f. Mestrado (Mestrado Profissional de Sistemas de Gestão) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.

MORESI, Eduardo Amadeu Dutra. Delineando o valor do sistema de informação de uma organização. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 1, p. 14-24, 2000.

NETO, Arnaldo Marques de Oliveira. Governança Tributária: A Importância dos Sistemas de Informação Gerencial na Identificação de Riscos Tributários.

SOUSA, Tiago Kratka de. SEFAZ Nacional: modelo paradigma de cooperação das administrações tributárias, no âmbito do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). 2015.

TARAPANOFF, Kira. Inteligência, informação e conhecimento em corporações. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), 2006.

ZANIOL, MARCOS DASSUMPÇÃO; NEUBAUER FILHO, AIRTON; ASSAD, RICARDO. O desafio do gerenciamento contínuo dos processos de negócio. 2008. Disponível em: Acesso 02 Out. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)