O USO DE SOFTWARES COMO FERRAMENTA DE ENSINOAPRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DO ENSINO MÉDIO/TÉCNICO NO INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS

BRUNO DE SOUZA TOLEDO

Resumo


Este estudo propõe analisar o uso de softwares educativos como ferramentas de ensinoaprendizagem na educação, em todas as séries do ensino médio/técnico de agropecuária, informática e nutrição do Instituto Federal de Minas Gerais no município de São João Evangelista-MG. Com a análise realizada, será possível responder a seguinte questão de pesquisa: Qual a contribuição dos softwares educativos no processo didático-pedagógico, para melhorar o processo de ensino-aprendizagem e o trabalho dos docentes?
O projeto tem como objetivo geral analisar os resultados da utilização de recursos tecnológicos de ensino-aprendizagem por professores e alunos, de ensino médio/técnico, do Instituto Federal de Minas Gerais, em São João Evangelista-MG.


Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, A. C. B. Avaliação de usabilidade em softwares educativos. 2010. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual do Ceará, Centro de Ciências e Tecnologia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2014.

ALMEIDA, M. E. B. O aprender e a Informática: A arte do possível na formação do professor. MEC/SEED/PROINFO, 1999. Disponível em: . Acesso em: 29 abr. 2014.

BERNARDI, Solange Teresinha. Utilização de Softwares Educacionais nos Processos de Alfabetização, de Ensino e Aprendizagem com uma Visão Psicopedagógica. Revista REI, Rio Grande do Sul, v. 5, n. 10, jun. 2010. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2014.

BISOL Claudia Alquati. Ciberespaço: terceiro elemento na relação ensinante/aprendente. In: VALENTINI, Carla Beatris; SOARES, Eliana Maria do Sacramento (Org.). Aprendizagem em ambientes virtuais: compartilhando ideias e construindo cenários. Caxias do Sul: Educs, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2014.

BORBA et al. Softwares educativos e objetos de aprendizagem: um olhar sobre a análise combinatória. In: ENCONTRO GAÚCHO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 10., 2009, Ijuí. Anais eletrônicos... Ijuí: UNIJUÍ / DeFEM, 2009. Disponível em: . Acesso em: 17 set. 2014.

COSTA, Rosimeire Cabral Romeiro; CARVALHO, Mário Augusto Andreta. A tecnologia do ensino médio: uma ferramenta didático-pedagógico. In: ETIC - ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2009, Presidente Prudente. Anais eletrônicos... Presidente Prudente: TOLEDO, 2009. Disponível em: . Acesso em: 17 set. 2014.

DIEHL, A. A. Pesquisa em ciências sociais aplicadas: métodos e técnicas. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

FRÓES, Jorge R. M. Educação e Informática: A relação homem/máquina e a questão da cognição. Disponível em: . Acesso em: Acesso em: 20 set. 2014.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOERGEN, P. L. Sociedades complexas e formação de professores. Passo Fundo: UPF/CNPq, 2009.

GRZESIUK, D. F. Ferramentas de informática usadas na educação. UTFR - Campus Medianeira, 2008.

LAKATOS, E.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010. 68 p.

LÉVY, P. Cibercultura. Rio de Janeiro: Editora 34, 1999.

LOPES, J. J. A Introdução da Informática no Ambiente Escolar. Disponível em: . Acesso em: 05 maio 2014.

MAYER-SCHÖNBERGER, Viktor; CUKIER, Kenneth. Big Data: life, work and think. Nova York, Houghton Mifflin Harcourt, 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Banco Internacional de Objetos Educacionais. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 522/MEC, de 9 de abril de 1997. Dispõe sobre a criação do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo). Diário Oficial da União, Brasília - DF, 11 abr. 1997.

MIRANDA, R. G.; CAMOSSA, J. P. O uso da Informática como recurso pedagógico: um estudo de caso. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2014.

MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. São Paulo: Papirus, 2000.

MORO, E. et al. As novas tecnologias da informação e comunicação e a pesquisa escolar. Porto Alegre: [s. n.], 2004.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul: Feevale, 2013.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1989.

SANCHES, V. J. C. Tecnologia para inovações na didática do ensino: Um Estudo de Caso: Lousa Eletrônica. Disponível em: . Acesso em: 03 maio 2014.

SILVA, Márcio Batista da; PEREIRA, Renato de Almeida. Software Educativo Livre: seleção e análise para apoio ao processo de ensino e aprendizagem. 2009. 86 f. Monografia (Licenciatura da Computação) – Universidade de Brasília - UNB, Brasília, 2009.

SILVA, S. L. Gestão do conhecimento: uma revisão crítica orientada pela abordagem da criação do conhecimento. Ci. Inf., Brasília, v. 33, n. 2, p. 143-151, maio/ago. 2004.

SOFFA, Marilice Mugnaini; ALCÂNTARA, Paulo Roberto de Carvalho. O uso do software educativo: reflexões da prática docente na sala informatizada. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (EDUCERE), 8., 2008. Curitiba. Anais eletrônicos... Curitiba: PUCRS, 2008. Disponível em: . Acesso em: 17 set. 2014.

TAJRA, Sanmya Feitosa. Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor na atualidade. 9. ed. rev. e ampl. São Paulo: Érica, 2012.

TEIXEIRA, N. P. C.; ARAÚJO, A. E. P. Informática e Educação: uma reflexão sobre novas metodologias. Revista Hipertextus, Garanhuns, vol. 1, 2007. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2014.

VALENTE, J. A. Computadores e conhecimento: repensando a educação. Campinas: Unicamp. 1993.

ZARAGOZA, C. A. R.; SILVA, E. V. N. A informática e a construção do conhecimento: Interfaces Possíveis e Prática Pedagógica. São Paulo: Universidade Taubaté, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)