A EVOLUÇÃO DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PESADA

CARLOS HENRIQUE COTTA NATALE

Resumo


A gestão do conhecimento pode ser uma importante ferramenta para os gestores nos processos de tomada de decisão. Entretanto, o conhecimento organizacional precisa ser mensurado para ser bem gerenciado. Os modelos de maturidade em gestão do conhecimento podem cumprir esse papel, uma vez que, a partir de sua aplicação, a empresa pode ser capaz de identificar quais práticas de gestão do conhecimento precisam ser melhoradas e, ou, implantadas. Sendo assim, este estudo pretende responder a seguinte pergunta: Qual a percepção dos gestores em relação à evolução das práticas de gestão do conhecimento em uma empresa de construção civil pesada? A partir da pergunta problema, o objetivo definido para esta pesquisa foi o de identificar a percepção dos gestores em relação à evolução das práticas de gestão do conhecimento em uma empresa de construção civil pesada. Para atingi-lo, foi realizado um estudo de caso envolvendo 15 gestores de uma empresa do setor de construção civil pesada. Esses 15 gestores foram previamente entrevistados e responderam a um questionário usado como modelo de maturidade em gestão do conhecimento. O modelo aplicado foi selecionado a partir da metodologia proposta neste trabalho para identificação dos modelos de maturidade com características suficientes que permitam sua aplicação empírica. Em seguida, foi realizada uma análise qualitativa das entrevistas e das respostas do questionário. A partir da análise dos resultados, e seguindo a metodologia de avaliação proposta pelo modelo aplicado, foi possível avaliar o estágio de maturidade em gestão do conhecimento da empresa estudada. Observou-se que a empresa, objeto deste estudo de caso, está no estágio inicial de gestão do conhecimento, segundo o modelo aplicado. Mesmo assim, foi possível identificar iniciativas isoladas de gestão do conhecimento na empresa. Além disso, processos e práticas de gestão do conhecimento que podem ser implantados e, ou, melhorados na organização, também foram identificados e descritos.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA NETO, R. C. D. Gestão do conhecimento em organizações: proposta de

mapeamento conceitual integrativo. 2005. 400 f. (Doutorado em Ciência da Informação) –

PPGCI, Escola de Ciência da Informação da UFMG, Belo Horizonte, 2005.

AMADOR, S. R.; PÉREZ, M. D. La interdisciplinariedad en la organización de los procesos

institucionales. Acimed, La Habana, v. 18, n. 6, p. 1-18, dic. 2008. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2013.

ANGELONI, Maria Terezinha. Elementos intervenientes na tomada de decisão. Ciência da

Informação, [S. l.], v. 32, n. 1, p. 17-22, 2003. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2013.

ARAZY, O.; GELLATLY, I. R. Corporate Wikis: The Effects of Owners’ Motivation and

Behavior on Group Members' Engagement. Journal of Management Information Systems,

[S. l.], v. 29, n. 3, p. 87-116, 1 Jan. 2012. Disponível em: Acesso em:

jul. 2013.

AUGUSTO, Rafael. Knowledge Management Maturity Model the Case Study of a Portuguese Technology. 2012. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Corporativa) - ISEG -School of Economics and Management, Lisboa, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2013.

BASKERVILLE, R.; DULIPOVICI, A. The theoretical foundations of knowledge management. Knowledge Management Research & Practice, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 83-105, 2006.

BEATRIZ, Carla; BOTTOLI, Grespan; COLLINS, Carol H; SALES, Cristina; JARDIM,

Fontes. Validação em métodos cromatográficos e eletroforéticos. Quim. Nova, [S. l.], v. 27,

n. 5, p. 771–780, 2004. Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/qn/v27n5/a17v27n5.pdf>.

Acesso em: 28 jan. 2014.

BLAIR, A. M. Assessing Perceptions of Knowledge Management Maturity/Capabilities:

A Case Study of SAF/FM. 2007. 108 f. Tese (Doutorado) - Department of the Air Force,

Air University, Ohio, 2007. Disponível em: . Acesso em: 08 maio 2013.

CAMPOS, C. Método de análise de conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos

no campo da saúde. Rev Bras Enferm, [S. l.], v. 57, n. 5, p. 611-614, 2004. Disponível em:

. Acesso em 29 dez. 2013.

CASTRO, B. H. R. DE; BARROS, D. C.; VEIGA, S. G. DA. Panorama da indústria de bens

de capital para a construção civil. BNDES Setorial, n. 37, p. 89-128, 2013. Disponível em:

. Acesso em: 18 fev. 2014.

CHOI, S. Y.; LEE, H.; YOO, Y. The impact of information technology and transactive

memory systems on knowledge sharing, application, and team performance: a field study.

MIS Quarterly, [S. l.], v. 34, n. 4, p. 855-870, 2010.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação

para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. 2. ed. São Paulo: SENAC

Editora, 2003.

CHUA, A. Y. K.; GOH, D. H. Untying the knot of knowledge management measurement: a

study of six public service agencies in Singapore. Journal of Information Science, [S. l.], v.

, n. 3, p. 259-274, 21 Jan. 2008. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.113.7800&rep=rep1&type=pdf. Acesso em: 13 maio 2013.

COSTA, Cleyverson P.; MOURA, Hermano P. de; LUNA, Alexandre J. H. de O. Modelos de

Maturidade de Gestão do Conhecimento: Uma Análise Comparativa. Knowledge Creation

Diffusion Utilization, [S. l.], p. 1-8, 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2013.

CUESTA, Juan Carlos Zulueta. Los elementos de gestión del conocimiento en la transferencia

de tecnologías de la universidad a la empresa. Contribuciones a las ciencias sociales, [S. l.],

p. 1-12, maio 2011. Disponível em: Acesso em: 20 abr. 2013.

DAVENPORT, Thomas H. Ecologia da informação: porque só a tecnologia não basta para o

sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998.

DAVENPORT, Thomas H.; PRUSAK, Laurence. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. 6. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

FERREIRA, Adriano Geraldo Dias. Business Intelligence, Alinhamento Estratégico e Processo Decisório: estudo de caso na construção civil. 2011. 145 f. Dissertação (Mestrado em

Administração) – Faculdade de Ciências Empresariais – FUMEC, Belo Horizonte, 2011. Disponível em: . Acesso em: 18 de fev. 2014.

FONTANILLAS, Carlos Navarro; CRUZ, Eduardo Picanço; GONÇALVES, Jaqueline Pimentel de Souza. A gestão do conhecimento e os processos de informações nas organizações:

estudo de caso em uma empresa off shore. Sustainable Business International Journal, [S.

l.], n. 18, p. 1-28, 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2013.

GOLD, A.; MALHOTRA, A.; SEGARS, A. Knowledge management: an organizational capabilities perspective. Journal of Management Information, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 185-214,

Disponível em:

Acesso em: 10 set. 2013.

GONÇALO, Cláudio Reis; JUNGES, Fabio Miguel; BORGES, Maria de Lourdes. Avaliação

da gestão do conhecimento: modelos de mensuração. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 30., 2010, São Carlos. Anais... São Carlos: ABEPRO, 2010.

p. 15. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2013.

JUMO, Innocent. Knowledge Management Maturity Assessment in the Roads Engineering

Environment. In: CONFERENCE ON ASPHALT PAVEMENTS FOR SOUTHERN AFRICA. 10., 2011, KwaZulu-Natal. Anais... Pretoria: [s. n.], 2011. Disponível em:

. Acesso em: 18 abr.

KALE, S.; KARAMAN, E. Evaluating the Knowledge Management Practices of Construction

Firms by Using Importance–Comparative Performance Analysis Maps. Journal of Construction Engineering and Management, [S. l.], p. 1142-1153, Dec. 2011.

KHATIBIAN, N.; HASAN, T.; JAFARI, H. A. Measurement of knowledge management maturity level within organizations. Business Strategy Series, p. 1142-1153, v. 11, n.1, p. 54-70, 2010.

KRUGER, C. J.; SNYMAN, M. M. M. Formulation of a strategic knowledge management

maturity model. SA Journal of Information Management, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 1142-1153,

a. Disponível em: .

Acesso em: 02 jun. 2013.

KRUGER, C.; SNYMAN, M. Guidelines for assessing the knowledge management maturity

of organizations. SA Journal of Information Management, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 1-12, 2007b.

KRUGER, C. J.; JOHNSON, R. D. Assessment of knowledge management growth: a South

Africa perspective. Aslib Proceedings, [S. l.], v. 61, n. 6, p. 542–564, 2009. Disponível em:

. Acesso em: 02 jun. 2013.

KRUGER, C. J.; JOHNSON, R. D. Information management as an enabler of knowledge

management maturity: A South African perspective. International Journal of Information

Management, [S. l.], v. 30, n. 1, p. 57-67, Feb. 2010a.

KRUGER, C. J.; JOHNSON, R. D. Knowledge Management Maturity according to Organizational Size: A South African Perspective.18th European Conference on Information Systems.

Anais... Pretoria: 2010b. Disponível em: .

Acesso em: 05 jun. 2013.

KRUGER, C. J.; JOHNSON, R. D. Principles in knowledge management maturity: a South

African perspective. Journal of Knowledge Management, [S. l.], v. 14, n. 4, p. 540-556,

c. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2013.

KURIAKOSE, K.K.; RAJ, Baldev; MURTY, S.A.V. Satya; SWAMINATHAN, P.

Knowledge Management Maturity Models – A Morphological Analysis. Journal of

Knowledge Management Practice, [S. l.], v. 11, n. 3, p. 1-10, 2010. Disponível em:

. Acesso em: 18 abr. 2013.

LYONS, Howard. Case study research methodology for publishing developments in ICT-facilitated learning in higher education – a prescriptive approach. Innovations in Education

and Teaching International, [S. l.], v. 46, n. 1, p. 27-39, 2009. Disponível em:

. Acesso em:

jun. 2013.

MANLY, B. F. Métodos estatísticos multivariados: uma introdução. 3. ed. Porto Alegre:

Bookman, 2008.

MONTEIRO FILHA, D. C.; DA COSTA, A. C. R.; ROCHA, É. R. P. DA. Perspectivas e desafios para inovar na construção civil. BNDES Setorial, [S. l.], n. 31, p. 353-410, 2010. Disponível em: Acesso em: 18 de fev.

MARCONDES, Danilo. Aristóteles. In: MARCONDES, Danilo. Textos básicos de filosofia:

dos pré-socráticos a Wittgenstein. 7. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

MORENO, V.; SANTOS, L. H. A. DOS. Gestão do conhecimento e redesenho de processos

de negócio: proposta de uma metodologia integrada. Perspectivas em Ciência da Informação, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 203–230, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2013.

NANDITA, Sen. Improving Organization Performance through Knowledge Management

Practices. Advances in Management, [S. l.], v. 6, n. 56, p. 56-61, 2013. Disponível em:

. Acesso em:

set. 2013.

NEVES, José Luis. Pesquisa Qualitativa – Características, usos e possibilidades. Caderno de

pesquisas em Administração, [S. l.], v. 1, n. 3, p. 1-5, 1996. Disponível em:

. Acesso em: 09 ago. 2013.

NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação do conhecimento na empresa. São

Paulo: Elsevier, 1997.

OLIVEIRA, T. M. V. de. Amostragem não probabilística: Adequação de Situações para uso e

Limitações de amostras por Conveniência, Julgamento e Quotas. Revista Administração On

Line, [S. l.], v. 2, n. 3, 2001. Disponível em: . Acesso em: 08 set. 2013.

OLIVEIRA, Mírian. Modelos de maturidade de gestão do conhecimento: quantidade ou qualidade? In: CONFERÊNCIA DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, 11., 2011, Lisboa. Anais... Lisboa: [s. n.] 2011. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2013.

OLIVEIRA, Mírian; BECKER, Grace Vieira; PEDRON, Cristiane Drebes; IGNA, Felipe

Dall. Espiral do conhecimento em frameworks de gestão do conhecimento: o caso de duas organizações em Portugal. Perspectivas em Ciência da Informação, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 155-175, 2010. Disponível em: . Acesso em:

maio 2013.

OLIVEIRA, Mírian; PEDRON, Cristiane; ROMÃO, Mário; BECKER, Grace Vieira. Proposta de um modelo de maturidade para Gestão do Conhecimento: KM

. Revista Portuguesa

e Brasileira de Gestão, [S. l.], p. 11-24, 2011. Disponível em: . Acesso

em: 1 maio 2013.

PEE, L. G.; KANKANHALLI, A. A Model of Organizational Knowledge Management Maturity based on People, Process, and Technology. Journal of Information & Knowledge

Management, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 79-99, 2009. Disponível em:

. Acesso em: 6 abr. 2013.

PÉREZ, Maidelyn Díaz; DÍAZ, Yimian de Liz Contreras; AMADOR, Soleidy Rivero. El factor humano dentro de los procesos de la gestión de la información y el conocimiento en las organizaciones. Revista AIBDA, [S. l.], v. 29, n. 1-2, p. 1-10, 2010. Disponível em: . Acesso em: 6 abr. 2013.

PÉREZ, A.; ENRIQUE, J. Asociaciones entre madurez de gestión del conocimiento y desempeño innovador : organización y personas, e interpretación. Corporación Universitaria Lasallista, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 86-95, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 nov. 2013.

PROBST, G.; RAUB, S.; ROMHARDT, K. Gestão do conhecimento: os elementos construtivos do sucesso. Tradução de Maria Adelaide Carpigiani. Porto Alegre: Bookman, 2002.

RABELO, Ricardo Alves; FERENHOF, Helio Aisenberg; RADOS, Gregório Varvakis;

SELIG, Paulo Mauricio. Gestão do conhecimento em processos de transformação organizacional: o desenvolvimento da intimidade como fator facilitador. Perspectivas em Gestão e Conhecimento, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 21-35, 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2013.

RAMANIGOPAL, C. Knowledge Management Strategies for Successful Implementation in

Aerospace Industry. Advances In Management, [S. l.], v. 5, n. 17, p. 17–22, 2012. Disponível em:

Acesso em: 14 jul. 2013.

ROBINSON, Herbert S; CARRILLO, Patricia M; ANUMBA, Chimay J; AL-GHASSANI,

Ahmed M. Knowledge Management Practices in Large Construction Organizations. Business

Process Management Journal, [S. l.], v. 12, n. 6, p. 793-808, 2006. Disponível em:

. Acesso em: 16 jul. 2013.

ROSSETTI, A. G.; MORALES, A. B. T. O papel da tecnologia da informação na gestão do

conhecimento. Ciência da Informação, [S. l.], v. 36, n. 1, p. 124–135, 2007. Disponível em:

. Acesso em: 15 set. 2013.

SAINI, R. Model Development for Key Enablers in the Implementation of Knowledge Management. The IUP Journal of Knowledge Management, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 46-63, 2013.

Disponível em: . Acesso em:

jul. 2013.

SINGH, A. K.; SINGH, M. D.; SHARMA, B. P. Modeling of Knowledge Management Technologies : An ISM Approach. The IUP Journal of Knowledge Management, [S. l.], 2013.

SINHA, R. A Comparative Analysis of Knowledge Management Process Maturity Models.

International Journal of Innovative Research and Studies, [S. l.], v. 2, n. 5, p. 221-234,

Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2013.

SMITH, K. E. N. G.; MITCHELL, T. R.; SUMMER, C. E. Top Level Management Priorities

in Different Stages of the Organizational Life Cycle. Academy of Management Journal, [S.

l.], v. 28, n. 4, p. 799-820, 1985. Disponível em: . Acesso em: 28

abr. 2013.

TARAPANOFF, Kira. Informação, conhecimento e inteligência em corporações: relações

e complementaridade. Brasília: IBICT, 2006.

TERRA, J. Gestão do conhecimento: o grande desafio empresarial. Terra Forum, [S. l.], p.

-6, 2005. Disponível em: .

Acesso em: 12 ago. 2013.

TORRES, R. F.; NEVES, J. T. R. Gestão estratégica da informação: Estudo de caso em uma

prestadora de serviços de tecnologia da informação. DataGramaZero - Revista de Ciência

da Informação, [S. l.], v. 9, n. 1, 2008. Disponível em:

. Acesso em: 18 ago. 2013.

VAN-DE-VEM, A. H. Explaining Development and Change. Academy of Management Review, [S. l.], v. 20, n. 3, p. 510-540, 1995. Disponível em: . Acesso em: 28

abr. 2013.

VENTURA, Magda Maria. O estudo de caso como modalidade de pesquisa. Revista SoCERJ, [S. l.], v. 20, n. 5, p. 383-386, 2007.

VERGARA, Sylvia Constant. Começando a definir a metodologia. In: VERGARA, Sylvia

Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em Administração. 7. ed. São Paulo: Atlas,

VERGNA, José Rafael Gatti. Formação e gerência de redes de empresas de construção

civil: sistematização de um modelo de atores e recursos para obras de edificações. 2007. 104

f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Escola de Engenharia de São Carlos,

Universidade de São Paulo, 2007. Disponível em: . Acesso em: 18 de fev. 2014.

VIDAL, J. A.; ALCAMÍ, R. L. Gestión del conocimiento y desempeño innovador: un estudio

del papel mediador del repertorio de competencias distintivas. Cuadernos de Economía y

Dirección de la empresa, [S. l.], p. 117–138, 2005. Disponível em:

.

Acesso em: 10 abr. 2013.

XAVIER, M. B. G. Mensuração da maturidade da governança de ti na administração direta federal brasileira. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)