Estresse e Síndrome de Burnout no uso de equipamentos hospitalares: uma proposta de desenvolvimento de software para a detecção de indícios em centros cirúrgicos e intensivos

DANIEL GOMES MOURA

Resumo


Este trabalho de pesquisa busca meios de indicar, através da gestão de equipamentos médicos, se um grupo de profissionais de assistência está demonstrando efeitos similares aos que seriam provocados por profissionais que detém alto nível de estresse ou que já tenham desenvolvido o quadro de síndrome de Burnout.

A exposição constante a fatores estressantes podem levar o profissional de assistência ao esgotamento, não tendo mais energias para suas atividades e, em especial, para com o uso de tecnologia. Em outras palavras, o indivíduo pode estar sendo afetado mental e fisicamente de tal maneira que sua interação com equipamentos médicos pode resultar em erros de operação e, até mesmo, em eventos adversos com danos ao paciente e a imagem da empresa hospitalar.

Considerando a busca constante da sociedade por mais efetividade, com tratamento humanizado e de qualidade para os pacientes, este trabalho pode oferecer alternativas de diagnóstico organizacional que propiciem melhores investimentos na área da saúde.


Texto completo:

PDF

Referências


ANVISA. Manual de Tecnovigilância: Abordagens de Vigilância Sanitária de Produtos para a Saúde Comercializados no Brasil. [S.l.]: Ministério da Saúde, Brasília, 2010. ANVISA. Assistência Segura: Uma reflexão teórica aplicada à prática. [S.l.]: Ministério da Saúde, Brasília, 2013. ANVISA. Ministério da Saúde. Resolução no 02, de 25 de janeiro de 2010. abr. 2013b. Disponível em: . AQUINO, J. Estressores no trabalho de Enfermeiras em Centro Cirúrgico: consequências pessoais e profissionais. Tese. BARBUCIA, C. S. Gestão de suprimentos na administração hospitalar pública. In: GONÇALVES, E. L. (Ed.). Gestão Hospitalar: administrando o hospital moderno. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2006. BURMESTER, H. Gestão de materiais e equipamentos hospitalares. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2013. CALIL J.S.; GOMIDE, E. Equipamentos médico hospitalares e o gerenciamento da manutenção – capacitação a distância. [S.l.]: Ministério da Saúde, Brasília, 2002. CALIL S. J.; TEIXEIRA, M. Gerenciamento de Manutenção de Equipamentos Hospitalares. [S.l.]: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998. CALIL S.J.; FLORENCE, G. Uma nova perspectiva no controle dos riscos da utilização de tecnologia médico-hospitalar. Multiciência: tecnologia para a saúde, n.5, 2005. CARAPINHEIRO, G. Saberes e poderes no hospital: uma sociologia dos serviços hospitalares. [S.l.]: ed. PortoEdições Afrontamento, 1998. COUTO N.F..; RIBEIRO, R. S. A. A. C. A. Modelo de gerenciamento da manutenção de equipamentos de radiologia convencional. Radiol. Bras. Vol.36. n.6, 2003. FERNANDES, J. A. L. Processos de aquisição. In: BURMESTER, H. (Ed.). Gestão de materiais e equipamentos hospitalares. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2013. FERNANDEZ, R. E. Uma contribuição da Engenharia Clínica para programas de qualidade em serviços oftalmológicos. Dissertação. FERREIRA, L. O poder nas organizações hospitalares: administradores hospitalares fantoches da hegemonia hierárquica médica? Dissertação. FERREIRA, M. Saúde no Trabalho – Temas básicos para os profissionais que cuidam dos trabalhadores. [S.l.]: Roca, 2000.

Referências 41

GIUSTI A.C.C.;OLIVEIRA, M. Sistema de programação financeira de curto e médio prazos – programação de caixa (cash flow). In: GONÇALVES, E. L. (Ed.). Gestão Hospitalar: administrando o hospital moderno. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2006. GONÇALVES, E. L. Gestão Hospitalar: administrando o hospital moderno. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2006. HERMINI, A. H. A tecnologia e sua relação com os procedimentos assistenciais de saúde. In: BURMESTER, H. (Ed.). Gestão de materiais e equipamentos hospitalares. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2013. HURWITZ B.; BAKER, R. Intentionally harmfull violations and patient safety: the example of harold shipman. In: HURWITZ B.; SHEIK, A. (Ed.). Health Care Errors and Pacient Safety. [S.l.]: Blackwell Publishing, 2009. HURWITZ B.; SHEIK, A. Health Care Errors and Pacient Safety. [S.l.]: Blackwell Publishing, 2009. LILJEGREN E.; OSVALDER, A. Cognitive engineering methods as usability evaluation tools for medical equipment. Internacional Journalof Industrial Ergonomics 34, Consulting Psychologist Press, Palo Alto, C.A, 2004. LIMA F.D.; BUUNK, A. M. C. J. M. D. L. Síndrome de burnout em residentes da universidade federal de uberlândia. Revista Brasileira de Educação Médica, p. p.137–146, 2007. MACHLINE C.; CARREIRA, D. Patrimônio operacional: quebra de paradigma. In: GONÇALVES, E. L. (Ed.). Gestão Hospitalar: administrando o hospital moderno. [S.l.]: Saraiva, São Paulo, 2006. MASLACHC.;JACKSON,S.E.L.M.P.Maslachburnoutinventorymanual.Consulting Psychologist Press, Consulting Psychologist Press, Palo Alto, C.A, 1996. MIRSHAWKA V; OLMEDO, N. Manutenção – Combate aos custos na não eficácia – A vez do Brasil. [S.l.]: Editora McGraw-Hill Ltda, São Paulo, 1993. NETO, F. d. P. B. d. A. Desenvolvimento de tecnologias de gestão para ambientes hospitalares; o caso do Instituto Fernandes Figueira -FioCruz. Dissertação. OLIVEIRA G.R.; TAVARES, D. M. L. Estresse: fatores de risco no trabalho do enfermeiro hospitalar. Revista Brasileira de Enfermagem, p. 661–5, 2006. PEREIRA, A. M. T. B. Burnout: Quando o trabalho ameaça o bem-estar do Trabalhador. [S.l.]: Casa do Psicólogo, São Paulo, 2002. PEREIRA, A. M. T. B. Instrumento para a avaliação de burnout em professores. In: PEREIRA, A. M. T. B. (Ed.). IX Congresso Nacional de Educação EDUCERE. [S.l.]: EDUCERE, Rio Grande do Sul, 2009. REASON, J. Understanding adverse events: human factors. [S.l.]: Quality in Health Care, 1995. 4:80-89 p. REBRATS. Quem Somos. 2014. Acesso em: 15 mar. 2014. Disponível em: .


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)