USO DE SOFTWARE DE INTERAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL: Apoio à formação do aluno com monitorização e controle de processos educativos

ELINEY SABINO

Resumo


Uso de Softwares de Interação em sala de aula como apoioao processo de aprendizagem e controle dos processos educativos.

Texto completo:

PDF PDF

Referências


ALMEIDA, Fernando J. – Educação e Informática. Os computadores na escola. São Paulo: Cortez Editora, 1988.

COLL, César (org.). Psicologia da Educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

FEIJÓ, O. G. Corpo e Movimento: Uma psicologia para o esporte. Rio de Janeiro: Shape, 1992.

FERREIRO, E. e TEBEROSKY, A. A Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

FIALHO, F. Ciências da Cognição. Florianópolis: Universo, 2000.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia-Saberes Necessários à Prática Educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

FUSARI, José Cerchi. O planejamento do trabalho pedagógico: Algumas indagações e tentativas de respostas. Série Ideias n. 8. São Paulo: FDE, 1998.

GOMES, Cristiano M. A. Em Busca de um Modelo Psico-Educativo para a Avaliação de Softwares Educacionais. 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

HELLER, A. O cotidiano e a história. Tradução de Carlos Nelson Coutinho e Leandro Konder, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1989.

KISHIMOTO, T. M. Froebel e a concepção de jogo infantil. In: KISHIMOTO, T. (org.) O brincar e suas teorias. São Paulo: Pioneira, 1999.

LAJONQUIÈRE, Leandro de. De Piaget a Freud: para repensar as aprendizagens. Petrópolis: Vozes, 1993.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

OLIVEIRA, M. K. Vygotsky: aprendizado e desenvolvimento – um processo histórico. São Paulo: Scipione, 1993.

PIAGET, J. A psicologia da criança. Ed Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

PULASKI, Mary Ann S. Compreendendo Piaget- Uma Introdução ao Desenvolvimento Cognitivo da Criança. RJ: Ed. Guanabara, 1986.

REGO, T. C. Vygotsky: Uma Perspectiva Histórico-Cultural da Educação. 9 ed. Petrópolis- RJ: Vozes, 2000.

RICHARDSON, Roberto Jarry [et al]. Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999

SACRISTÁN, J. G. e GÓMEZ, A. I. P. Compreender e Transformar o Ensino. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

TAJRA, Sanmya Feitosa. Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor da atualidade. São Paulo: Erica, 2001.

VALENTE, J. A. Computadores e conhecimento: repensando a educação. [s.ed.] Campinas: Gráfica Central da UNICAMP, 1998.

VASCONCELOS, Celso dos Santos. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e Projeto político-pedagógico – elementos metodológicos para elaboração e realização. São Paulo: Libertad, 1999.

VINHOLI, Maria da Graça. Utilização da TV Escola no cotidiano escolar: um estudo das possibilidades e das limitações em uma escola pública de Mato Grosso do Sul. Dissertação de Mestrado. São Carlos: UFSCAR, 2002.

VYGOTSKY, L. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984; 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Projetos, Dissertações e Teses em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento
ISSN 2358-5501 (Online)