INCERTEZA AMBIENTAL NA CONTABILIDADE GERENCIAL: PERSPECTIVAS FUTURAS

Mara Vogt, Ângela Bilk, Marcia Zanievicz da Silva

Resumo


A incerteza está presente no cotidiano das organizações e relaciona-se com a falta de conhecimento e com informações sobre determinados fatores ambientais associados à tomada de decisão, além da incapacidade de predizer como os fatores ambientais podem afetar o sucesso ou o fracasso das decisões gerenciais. O estudo objetivou identificar novas perspectivas relacionadas à literatura sobre a incerteza ambiental percebida na contabilidade gerencial. Utilizou-se das expressões “incerteza ambiental”, “percepção de incerteza” e “incerteza percebida” para recuperar pesquisas junto às bases de dados nacionais e internacionais. Constata-se a importância do entendimento acerca da percepção de incerteza no processo de gestão organizacional. Contudo, devem ser levados em consideração outros fatores contingentes, tais como a estratégia, a tecnologia, a estrutura e o porte organizacional, que podem influenciar de diferentes maneiras o crescimento, bem como a sobrevivência das organizações. O estudo destaca diferentes perspectivas para pesquisas futuras, apresentando direções para a contabilidade gerencial. 


Palavras-chave


Incerteza Ambiental; Percepção de Incerteza; Incerteza Percebida; Perspectivas Futuras; Contabilidade Gerencial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/pretexto.v20i4.5358

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Pretexto
ISSN 1984-6983 (Online)
ISSN 1517-672x (Impressa)
Classificação Qualis CAPES - B2 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo