A INFLUÊNCIA DAS AÇÕES COLETIVAS EM PROCESSOS DE APRENDIZAGEM: ESTUDO DE CASO EM UM APL DE ARTESANATO E CERÂMICA

Wenceslau Almada Pessoa Neto, Fátima Regina Ney Matos, Diego de Queiroz Machado, Maria Clara Cavalcante Bugarim, Augusto Marcos de Carvalho Sena

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo analisar as principais ações coletivas existentes em um Arranjo Produtivo Local (APL), identificando as suas influências na aprendizagem de seus agentes. Portanto, como uma das manifestações empíricas do empreendedorismo coletivo, o APL Arte Cerâmica Vermelha, situado em Teresina, no Piauí, foi o objeto de estudo deste trabalho, sempre levando em consideração os aspectos que envolvem as ações coletivas, o sistema de relações e a aprendizagem de seus atores. Em relação às ações coletivas mapeadas, algumas se mostraram tão relevantes para o APL que serviram de base para o surgimento de novas ações, tendo o caráter de associativismo e de qualificações. Com isso, foi possível concluir que tais processos de aprendizagem aconteceram por intermédio da aprendizagem sócio-prática, levando-se em consideração as práticas de cooperação e de interação presentes no arranjo.


Palavras-chave


Ações coletivas; Processos de aprendizagem; Arranjos produtivos locais; Empreendedorismo coletivo; Estudo de caso

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/pretexto.v19i3.2471

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Pretexto
ISSN 1984-6983 (Online)
ISSN 1517-672x (Impressa)
Classificação Qualis CAPES - B2 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo