O papel do psicopedagogo na identificação e intervenção nos distúrbios de aprendizagem relacionados à visão: caso de uma intervenção tardia

Douglas de Araujo Vilhena, Silmara Deise de Freitas, Marcia Reis Guimarães, Ângela Maria Vieira Pinheiro

Resumo


O psicopedagogo pode contribuir com a triagem e com o tratamento de distúrbios de aprendizagem relacionados à visão. Será apresentado, neste artigo, o caso de um escolar com desenvolvimento neurológico atípico, comórbido ao diagnóstico de Estresse Visual (Síndrome de Irlen). Devido à contraindicação médica, a intervenção psicopedagógica foi interrompida por quatro anos, acarretando prejuízo nos âmbitos pessoais e escolares. Com a retomada da intervenção e concomitante introdução de lâminas e filtros espectrais, os sintomas de dificuldades visuais foram reduzidos, melhorando a qualidade visual e as habilidades visuomotoras da paciente nas atividades da vida diária. A mediação psicopedagógica impactou favoravelmente no desenvolvimento e no aprendizado.


Palavras-chave


Estresse visual; Síndrome de Irlen; Distúrbio neurovisual; Psicopedagogia; Família; Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Paidéia

Revisão: Profª Silvia Fiuza
Projeto Gráfico e Capa: D'Lourenço Studio Gráfico
Diagramação: Tecnologia da Informação - Universidade FUMEC
Normalização: Biblioteca Universitária - Universidade FUMEC

ISSN 1676-9627 (Impressa)
ISSN 2316-9605 (On-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.