A embalagem sedutora na gôndola do supermercado: garantia de atratividade e estímulo ao desejo de consumo do público infantil

ADMIR ROBERTO BORGES, SERGIO ARREGUY SOARES, ALEXANDRE COELHO, DÉBORA PERSILVA

Resumo


A proposta deste artigo é mostrar a utilização da embalagem como recurso de comunicação persuasiva e motivadora da decisão de compra no público infantil. A gôndola do supermercado funciona como uma espécie de mídia, onde a exposição dos produtos é planejada para atrair a atenção e vender. A embalagem deixa de ser apenas uma proteção para se transformar em veículo, com mensagens impactantes. Conforme dados obtidos no estudo, percebe-se que a criança consumidora faz suas escolhas influenciada pelos elementos visuais e a oferta de brindes. O estudo partiu de uma base teórica seguido da aplicação de pesquisa de dados primários, envolvendo pais e filhos, em conformidade com os critérios e a devida aprovação do CEP – Comitê de Ética de Pesquisa - da Universidade Fumec.

Palavras-chave


Supermercado; Criança; Embalagem; Atratividade; Consumo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Paidéia

Revisão: Profª Silvia Fiuza
Projeto Gráfico e Capa: D'Lourenço Studio Gráfico
Diagramação: Tecnologia da Informação - Universidade FUMEC
Normalização: Biblioteca Universitária - Universidade FUMEC

ISSN 1676-9627 (Impressa)
ISSN 2316-9605 (On-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.