A ATUAÇÃO DA UNESCO COMO DISSEMINADORA DAS DIRETRIZES DO PROCESSO DE BOLONHA EM REGIÕES NÃO EUROPEIAS

Ralf Hermes Siebiger

Resumo


Neste texto, busca-se evidenciar que a Unesco, por meio de relatórios e, principalmente, de conferências sobre educação superior, tem disseminado os princípios da reforma do Processo de Bolonha a outros contextos educacionais para além da Europa, motivando revisões nos sistemas de educação superior de outras nações, de modo que se tornem compatíveis com a estrutura prevista para o Espaço Europeu de Educação Superior (EEES). O que se questiona, contudo, são os interesses subjacentes das ações da Unesco, considerando que o Processo de Bolonha tem defendido uma concepção de educação superior como serviço de base comercial e que se insere no objetivo de reestabelecer a Europa como a “economia mais dinâmica e competitiva do mundo baseada no conhecimento”.


Palavras-chave


Unesco. Processo de Bolonha. Políticas de educação superior. Brasil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Paidéia

Revisão: Profª Silvia Fiuza
Projeto Gráfico e Capa: D'Lourenço Studio Gráfico
Diagramação: Tecnologia da Informação - Universidade FUMEC
Normalização: Biblioteca Universitária - Universidade FUMEC

ISSN 1676-9627 (Impressa)
ISSN 2316-9605 (On-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.