O surgimento da estética: algumas considerações sobre seu primeiro entrincheiramento dinâmico

Marcus Vinicius Corrêa Carvalho

Resumo


Neste artigo, apresenta-se o projeto de Alexander Gottlieb Baumgarten para a fundação de uma ciência das coisas sensíveis (epistemé aisthetiké), com base na fundamentação lógica aplicada às poéticas e retóricas clássicas, alinhando os domínios da arte, da beleza e da sensibilidade em busca da verdade estética. Leva-se em conta, também, a recepção do projeto e da disciplina filosófica baumgarteanos para apresentar considerações sobre a estética como um entricheiramento dinâmico, notabilizando-a como uma ação de emergência, cujo processo de entrelaçamento de disposições humanas com objetos faz produzir novas e imprevisíveis configurações de visualizar e idear, implicando a atenção aos processos humanos de formação.

Palavras-chave


Arte. Beleza. Sensibilidade. Verdade. Ars Poética. Formação. Baumgarten.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Paidéia

Revisão: Profª Silvia Fiuza
Projeto Gráfico e Capa: D'Lourenço Studio Gráfico
Diagramação: Tecnologia da Informação - Universidade FUMEC
Normalização: Biblioteca Universitária - Universidade FUMEC

ISSN 1676-9627 (Impressa)
ISSN 2316-9605 (On-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.