A TUTELA DE DIREITOS HUMANOS NUM CENÁRIO DE CRISE AMBIENTAL EM TEMPOS DE GLOBALIZAÇÃO

Elenise Felzke Schonardie, Ana Maria Foguesatto, Aline Michele Pedron Leves

Resumo


O artigo trata das complexidades do mundo globalizado frente a nova posição do Estado-nação na tutela de direitos humanos. Objetiva-se analisar as implicações da nova ordem mundial no paradigma da emergência dos desequilíbrios ecológicos a partir da sociedade globalizada, ressaltando a importância acerca do debate dos direitos humanos na contemporaneidade concomitante à modernização do mundo, como também, as interações entre o homem e a natureza no limiar dos riscos que acarretam as inúmeras crises ambientais. O texto é desenvolvido por meio do emprego do método hipotético-dedutivo, aliado a técnica de pesquisa bibliográfica. Conclui, que num cenário de riscos globais, deve-se buscar, por meio de diálogos de responsabilidade social e cooperação entre os Estados-nações, a efetivação da proteção dos bens e recursos ambientais por meio de instrumentos locais, com vistas à garantia de um futuro melhor para as populações humanas.



Palavras-chave


Crise Ambiental. Direitos Difusos. Direitos Humanos. Globalização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.