AS REFORMAS DO ESTADO BRASILEIRO E O DESCOMPASSO COM A DEMOCRACIA

Daniel Francisco Nagao Menezes, Rodrigo Albuquerque Maranhão de Oliveira

Resumo


Este artigo pretende analisar as condições e crises econômicas no Brasil, sob a ótica da industrialização e do momento político correspondentes buscando responder por quais razões os avanços institucionais brasileiros ocorrem em períodos autoritários. Para tanto, servirão como referências os seguintes momentos históricos: 1) Governo Vargas; 2) Governos JK e João Goulart; 3) Os Governos Militares. O objetivo é, a partir destes marcos, demonstrando os desafios apresentados a cada governo tanto pelo cenário interno quanto pelo internacional, apontar as soluções que foram possíveis serem implantadas numa análise de contexto sobretudo político, que no caso brasileiro mostra historicamente importante dificuldade de consenso e de conjugar o exercício do jogo democrático com a adoção de planos nacionais suprapartidários. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa de natureza exploratória e descritiva, com base no estudo de informações bibliográficas.

Palavras-chave


Reforma do Estado; Autoritarismo; Democracia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.