A REFORMA TRABALHISTA COMO MECANISMO DE REESTRUTURAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA

Jefferson Aparecido Dias, Tiago Nunes da Silva

Resumo


A terceirização tem sido foco de diferentes áreas, tais como economia, direito do trabalho, direito constitucional econômico e direito empresarial. O presente artigo toma como foco a questão da competitividade das empresas e o desemprego frente a atual crise econômica que o Brasil enfrenta. Neste sentido, possui como questionamento principal se a terceirização não seria então uma solução para as empresas enfrentarem a crise, e também para geração e manutenção de empregos. Possui como objetivos específicos: definir terceirização; exemplificar seus benefícios; avaliar a Lei 13.429/2017 e por fim abordar estratégias empresariais em benefício do empregador e empregados por meio da terceirização.  O trabalho é bibliográfico, tendo como método adotado o dedutivo, baseado na consulta de fontes primárias e secundárias. O trabalho busca alcançar respostas, para que empresas não entrem em falência e a taxa de desemprego diminua, mostrando que a terceirização pode ser uma saída para crise econômica.


Palavras-chave


Economia. Empresas. Relações de trabalho.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46560/meritum.v12i2.5313

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, Revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde (FCH).