ECONOMIA, SUSTENTABILIDADE E DESENVOLVIMENTO: propostas alternativas do decrescimento europeu e do buen vivir da américa latina

Marilin Soares Sperandio, Larissa Borges Fortes

Resumo


A América Latina carrega duas imagens paradoxais: continente rico em termos ambientais e, ao mesmo tempo, pobre em termos sociais. A tentativa de compatibilizar meio ambiente e desenvolvimento econômico não é uma tarefa destinada somente aos países latino-americanos, mas ao mundo todo, na medida em que as consequências dos impactos ambientais transcendem os territórios. Dessa forma, considerando as particularidades e paradoxos do referido continente, o presente trabalho procurou responder ao seguinte problema de pesquisa: diante da necessidade de desenvolvimento econômico dos países da América Latina, mostra-se possível pensar a sustentabilidade em tal continente? A partir do método de pesquisa dialético, e técnica de pesquisa documental e bibliográfica, o trabalho foi desenvolvido, em um primeiro momento, no sentido de analisar as soluções apresentadas aos desafios da Sustentabilidade diante dos anseios de desenvolvimento econômico, a partir de um olhar eurocêntrico; sendo que, em um segundo momento, procurou-se verificar as alternativas apresentadas a partir das normativas e caminhos traçados por alguns dos países integrantes da América Latina, para superação dos problemas econômicos e sociais, sem comprometer o ideal de Sustentabilidade.


Palavras-chave


Desenvolvimento. Economia. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46560/meritum.v12i1.5229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, Revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde (FCH).