A mediação: uma escolha a fazer, responsabilidades a assumir

Michèle Guillaume-Hofnung

Resumo


Em matéria de mediação, o direito falhou e a mediação fragilizou-se em suas funções. Muitos juristas e seus parceiros continuam a concebê-la somente na sua função alternativa de solução legal e não aceitam que ela ocupe funções sérias fora da resolução dos conflitos. A desconfiança a respeito dos mediadores sociais faz com que a mediação perca seu espírito de abertura em razão do declínio pleno de identidade profissional. Neste breve comentário, defende-se que responsabilidades sejam assumidas a fim de que seja restabelecida a generosidade e a liberdade de origem da mediação, prática fundamental para a sociedade atual.

Palavras-chave


Mediação. Mediadores sociais. Identidade profissional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46560/meritum.v7i2.1611

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, Revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde (FCH).