A contribuição da ética discursiva de Karl Otto Apel à resolução dos conflitos fundiários no Estado de Mato Grosso do Sul na atualidade

Rogério Santos dos Prazeres, José Moacir de Aquino, Heitor Romero Marques

Resumo


Neste trabalho, explicita-se a ética do discurso de Karl Otto Apel como contribuição teórica e prática, pautada pela universalização dos interesses relativos à resolução dos conflitos fundiários no Mato Grosso dos Sul. Como tal, trata-se de demonstrar que a fundamentação racional já pressuposta em todo discurso argumentativo, por via da qual todos os afetados devem ser considerados seriamente, é substancial para instaurar a justiça e a ordem social. A arquitetura dessa ética em duas partes, A e B, permite constatar que, por um lado, a solução dos conflitos está minada pelas condições históricas marcadas por interesses estratégicos de manutenção de poder e, por outro, que se deve postular sob a mediação do diálogo, contrafacticamente, o acordo mais razoável possível entre os envolvidos nos conflitos.

Palavras-chave


Linguagem. Ética do discurso. Intersubjetividade. Conflito fundiário.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Meritum, revista de Direito da Universidade FUMEC
ISSN 1980-2072 (Impressa)
ISSN 2238-6939 (Online)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.