A RELAÇÃO ENTRE O ENQUADRAMENTO DA NOTÍCIA E O PROCESSO DE ACCOUNTABILITY UMA REFLEXÃO SOBRE UM DOS EPISÓDIOS DO ESCÂNDALO RENAN CALHEIROS

Lívia Borges Pádua

Resumo


Neste artigo, buscou-se evidenciar a relação existente entre o enquadramento dado pela imprensa a determinado fato e o processo de accountability desencadeado. Ademais, buscou-se refletir, também, sobre a limitação das discussões, nas esferas deliberativas, relativas às questões publicizadas pela imprensa. Essa reflexão apoiou-se na análise das narrativas jornalísticas publicadas sobre um dos episódios do escândalo político Renan Calheiros: a denúncia publicada pela revista Veja de que o então presidente do Senado Federal havia utilizado "laranjas" para se tornar sócio oculto de duas rádios e um jornal no Estado de Alagoas. Observou-se, nessa narrativa, que a grande imprensa não abordou o fato de ser vedada aos parlamentares a posse de concessões de emissoras, tampouco gerou representações contra Calheiros no Senado, ou seja, aquilo que não foi publicizado pela imprensa não gerou deliberações.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Revista Mediação
ISSN 2179-9571 (on-line)
ISSN 1676-2827 (impressa)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.