HISTÓRIAS DE RETIRANTES: RUÍNAS LITERÁRIAS NO CINEMA

Elisabete Alfeld Rodrigues, Carmen Lucia José

Resumo


Em O caminho das nuvens, Vicente Amorim conta a história da retirada de uma família do interior nordestino para a região sudeste. Uma história que já foi muitas vezes contada, por exemplo, em Vidas Secas: primeiro, na literatura, por Graciliano Ramos e, depois, no cinema, por Nélson Pereira dos Santos. Na retirada contada por Amorim, a migração não ocorre pelos passos na aridez do sertão; ela acontece por bicicletas nas rodovias, estradas e pequenas cidades que a família – pai, mãe e cinco filhos – percorre para chegar à cidade do Rio de Janeiro. A família se desloca da Paraíba em busca de um emprego de mil reais por mês que só pode ser encontrado no sudeste do Brasil – este motivo desencadeador parte de uma história factual. O filme é uma releitura que resgata a literatura, o cinema e a história factual promovendo uma relação dialógica construída por fragmentos das várias histórias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Revista Mediação
ISSN 2179-9571 (on-line)
ISSN 1676-2827 (impressa)
Universidade FUMEC
Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde.