REASSENTAMENTO DE FAMÍLIAS SOB LINHAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA: UM ESTUDO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Conceição Dilene Batista Cavalcanti

Resumo


O objeto do estudo do presente artigo foi analisar a percepção, dos moradores da Vila Mauricéia na cidade de Montes Claros, quanto a implantação do projeto de intervenção social, realizado através da parceria Cemig/Prefeitura no reassentamento de 145 famílias, sendo 48 na primeira etapa, que residem sob a linha de transmissão de energia elétrica. Partiu-se de um referencial teórico baseado nos conceitos de intervenções sociais, percepções e engajamento e Responsabilidade Social, passando logo em seguida para o levantamento de dados, realizado através de uma pesquisa de natureza quantitativa, que se deu através de duas etapas; a primeira apresentando a caracterização dos respondentes e a segunda com aplicação de formulários semi-estruturados. A pesquisa apontou que 70% das famílias beneficiadas têm conhecimento do projeto, aprovam o convênio estabelecido entre a parceria, acreditam na mitigação do risco eminente, após a retirada das famílias e tem uma perspectiva positiva quanto a melhoria substancial da qualidade de vida dos reassentados, por fim atribuem credibilidade às ações de responsabilidade social que serão desenvolvidas na comunidade.

Palavras-chave


Responsabilidade social, Intervenção social, Engajamento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/pretexto.v11i4.655

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Pretexto
ISSN 1984-6983 (Online)
ISSN 1517-672x (Impressa)
Classificação Qualis CAPES - B2 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo