DISCURSO DO DISCENTE DE ADMINISTRAÇÃO SOBRE UNIVERSIDADE, CURSO, ADMINISTRAÇÃO E ADMINISTRADOR

Ana Cristina Batista-dos-Santos, Emanuelly Alves Pelogio, Mauro Lemuel Alexandre, Monique Fonseca Cardoso, Yákara Vasconcelos Pereira Leite

Resumo


O texto tem como objetivo compreender as representações de universidade, curso, Administração e administrador, de graduandos em Administração – iniciantes e concluintes – de duas universidades públicas federais de um estado do nordeste brasileiro. Realizaram-se dois tipos de entrevistas, com doze sujeitos. Dentre os resultados, destacam-se algumas dimensões. Quanto à universidade, as mais recorrentes são: inserção no mercado, crescimento, gratuidade, status, independência, entre outras. Sobre o curso de Administração, fala-se sobre vocação, conveniência, curso generalista, curso complementar, curso substituto e, ainda, curso voltado para a prática. No tocante às representações de Administração, predominam: ciência, arte, mediação, pragmatismo, senso comum e adiamento. Sobre o administrador, há um silêncio discursivo, emergindo em seu lugar: o professor, o empreendedor e o servidor público. Os resultados autorizam afirmar que ainda é necessário refletir sobre a natureza e o papel da Administração na sociedade.

Palavras-chave


Administração, administrador, universidade, estudantes, pesquisa qualitativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/pretexto.v11i3.651

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Pretexto
ISSN 1984-6983 (Online)
ISSN 1517-672x (Impressa)
Classificação Qualis CAPES - B2 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo