USO DE REFERÊNCIAS DA IDENTIDADE CULTURAL BRASILEIRA NO MARKETING INTERNACIONAL DE PRODUTOS E MARCAS DE LUXO

Ivan Lapuente Garrido, Marina Finestrali

Resumo


Este artigo aborda a relação entre luxo e brasilidade em marketing internacional. É fruto de uma pesquisa, desenvolvida junto a designers de acessórios de alto padrão (calçados e bolsas). O objetivo geral do trabalho, realizado em junho de 2007 é a identificação e a ênfase que empresas brasileiras, exportadoras no segmento de luxo, dão a elementos de brasilidade em suas ofertas de marketing, através de escolhas de marketing mix (produto e promoção) e branding. Foi analisada a ação do "efeito país de origem" para as marcas selecionadas; buscaram-se referências reconhecíveis à identidade cultural brasileira nas estratégias de produto, comunicação, e marca; e foi questionada a relação entre luxo e traços de brasilidade encontrados. A metodologia usada foi qualitativa (entrevistas semi-estruturadas junto aos designers e a experts e análise de conteúdo). Chegou-se à conclusão de que algumas referências à brasilidade mantêm certa coerência com o universo conceitual do luxo, mas seu uso em marketing internacional não pode prescindir da legitimação do Brasil como produtor de bens e serviços de luxo a nível internacional. Este aspecto da imagem da "marca País" afeta diretamente a credibilidade das marcas, através da ação do "efeito país de origem". Esta conclusão é reforçada pela observação das dificuldades na construção de legitimidade em mercados internacionais, para as marcas observadas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2010V9N3ART198

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2