CONDICIONANTES DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL

José Celso Contador, Celso Augusto Rimoli, José Luiz Contador

Resumo


Este trabalho examina teoricamente os fatores determinantes da competitividade do produto e do negócio, imprescindíveis à elaboração de estratégias competitivas que visam à obtenção e sustentação de vantagens competitivas. Esse tema é objeto tanto da área de marketing estratégico quanto da de estratégia empresarial. Nas duas áreas, há um ponto de consenso que afirma que a empresa deve diferenciar sua oferta para conquistar e manter vantagem competitiva. Mas, os estudos conduzidos por meio do modelo de Campos e Armas da Competição revelaram que a empresa pode diferenciar seu produto e/ou serviço de modo mais amplo, levando em consideração, na formulação da sua estratégia competitiva, também o campo da competição, quer do produto, quer dela própria. Assim, o objetivo deste artigo é evidenciar que, para a empresa ser competitiva, além de diferenciar seu produto e/ou seu serviço no sentido tradicional, ela precisa: 1) diferenciar seu produto incluindo a definição em quais campos vai competir em cada segmento; e 2) escolher as armas da competição que irá utilizar e definir a intensidade de cada arma. Para atingir tal objetivo, foram necessários vários conceitos do modelo de Campos e Armas da Competição: campo da competição, arma da competição, tese do modelo, configuração dos campos da competição, campo coadjuvante, produto coadjuvante e par produto-mercado. Como uma proposta inovadora sempre desperta dúvida, é mostrado o processo de validação do modelo de Campos e Armas da Competição e são discutidas sua universalidade, consistência e completude.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2010V9N1ART175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2