ANÁLISE DE UM ALINHAMENTO ESTRATÉGICO A PARTIR DA COMBINAÇÃO DAS FOFAS COM OS FCS

Carlos Alberto Gonçalves, Joselito Calixto Moreira, Daniela Ferro de Oliveira, Renata Fabiana Ferreira, Karina Pereira Garcia Coleta

Resumo


Segundo o princípio de Gause (1934), dois competidores que conseguem o seu sustento de maneira idêntica não podem coexistir - seja nos negócios, seja na natureza. O ambiente organizacional é hoje caracterizado por alta competitividade, elevada turbulência ambiental, além de mudanças rápidas e descontínuas no macroambiente das empresas. Diante desse contexto, é possível planejar a evolução de uma empresa? É exatamente para isso que existe a estratégia. Diante da perda de dinamismo macroeconômico, as empresas adotaram estratégias de aumento da eficiência produtiva que, embora comprovem a capacidade de resposta do empresariado nacional, não proporcionaram um salto qualitativo do ponto de vista da competitividade. A questão estratégica tem sido foco de debates crescentes e sua importância, cada vez mais aceita. No momento atual de grande turbulência ambiental e competitividade, a administração estratégica, que consiste na arte de fazer escolhas frente a uma realidade cuja interpretação e construção baseiam-se em informações e incertezas, é elemento fundamental para o sucesso e sobrevivência das organizações. Este trabalho apresenta um caso do uso da combinação das FOFAS e dos FCS, permitindo analisar o alinhamento estratégico empresarial nas suas várias instâncias decisórias

Palavras-chave


Estratégia, vantagem competitiva, planejamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2002V1N2ART14

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2