ATRIBUTOS E PAPÉIS DOS COMITÊS DE AUDITORIA NA IMPLEMENTAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS BRASILEIRAS

Patrícia Bernardes, Luiz Antônio Guariente

Resumo


O objetivo deste trabalho é investigar, segundo as perspectivas dos Chief Financial Officer (CFO), Relações com Investidores (RI) e Auditoria Interna (AI), a importância dos comitês de auditoria na implementação das melhores práticas de Governança Corporativa (GC) em instituições financeiras brasileiras com ações ou títulos negociados no mercado de capitais norte-americano. Este texto, de caráter qualitativo, se fundamentou na teoria denominada Nova Economia Institucional, e utilizou como instrumento de pesquisa entrevistas realizadas com seis dirigentes, detentores das funções acima especificadas em duas instituições financeiras brasileiras de grande porte. Os resultados apurados indicam que as instituições financeiras pesquisadas possuem comitês de auditoria consolidados, que atuam como guardiões das boas práticas de GC

Palavras-chave


Governança Corporativa, Comitês de Auditoria Interna

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2008V7N3ART124

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2