O PAPEL DAS PARTES INTERESSADAS (STAKEHOLDERS) E A PARTICIPAÇÃO NA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS: UM ESTUDO NO COMITÊ SANTA MARIA

Lúcia Rejane da Rosa Gama Madruga, Tania Nunes da Silva, Clandia Maffini Gomes

Resumo


Este artigo trata da gestão socioambiental no ambiente de gestão de recursos hídricos, explorando os comitês de gestão de bacia hidrográfi ca. Pauta-se pelo modelo da gestão integrada de recursos hídricos. O estudo tem como objetivo identifi car as partes interessadas (stakeholders) e analisar o seu papel na gestão integrada, assim como compreender a dinâmica da participação em um comitê de bacia hidrográfi ca. A pesquisa teórico-empírica foi classifi cada como um estudo de caso em profundidade, que lançou mão de diversas fontes de informações: pesquisa documental, entrevistas e observação das reuniões. A unidade de análise foi o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfi ca do Rio Santa Maria. Os resultados revelaram que o Comitê reúne entidades representativas de grupos sociais diversos, todas as instituições formalizadas e cuja representatividade é agregada. Portanto, os participantes do Comitê possuem a missão de defender o interesse de uma coletividade. O processo de participação dos integrantes, pode-se dizer, é de ‘participação prospectiva’, pois eles se envolvem ativamente na criação da visão de futuro. Têm o papel de ajudar a explorar os cenários futuros possíveis, no sentido de apresentar as suas perspectivas e também de auxiliar a gerência nas decisões do presente.

Palavras-chave


Stakeholders. Participação. Recursos hídricos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2011V10N3ART640

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2