SEGMENTAÇÃO PSICOGRÁFICA DE CONSUMIDORES PAULISTAS DE PRODUTOS DE MARCA PRÓPRIA

Evandro Luiz Lopes, Edward Robinson Marin, Nadia Kassouf Pizzinatto

Resumo


É inquestionável a importância dos produtos de marca própria para a economia mundial. Mesmo diante do crescimento experimentado nos últimos anos, no Brasil, ainda existe uma grande oportunidade, tanto para fabricantes como para varejistas, em potencializar as vendas deste tipo de produto. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo principal identifi car o perfi l psicográfi co dos consumidores de produtos de marcas próprias. Para tanto, realizou-se um survey, na qual foram entrevistados 393 consumidores em 14 diferentes pontos de vendas. Por meio da utilização da escala VALS (Value and Life Style) foram identifi cados os perfi s psicográfi cos dos respondentes, além de sua atitude em relação a produtos de marca própria. Após a análise dos dados, utilizando-se a análise fatorial exploratória e a análise de correlação bivariada, foi constatado que os perfi s de maiores recursos, tanto fi nanceiros como intelectuais, são os mais propensos a utilizar produtos de marca própria e foram sugeridas estratégias para cada segmento identifi cado: os sobreviventes, os crentes, os pensadores e os experimentadores.

Palavras-chave


Segmentação psicográfi ca. Marcas próprias. Varejo. Homecenter. VALS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2011V10N3ART639

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2