SAÚDE DA FAMÍLIA E RH: DIMENSÕES PARA EFETIVIDADE

Núbia Cristina da Silva, Raquel Braga Rodrigues, Thiago Augusto Hernandes Rocha, Allan Claudius Queiroz Barbosa, Júnia Marçal Rodrigues

Resumo


O presente estudo abordou sobre a temática de gestão de recursos humanos em saúde na Estratégia Saúde da Família sob uma perspectiva dos gestores e dos profi ssionais de saúde alocados na atenção clínica. Seu principal objetivo foi analisar as dimensões críticas, relacionadas à gestão de Recursos Humanos na esfera da saúde, avaliando, comparativamente, as distintas perspectivas de profi ssionais e gestores, visando a elucidar os pontos convergentes e os divergentes desta temática. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa calcada na realização de grupos focais com profi ssionais e gestores da Estratégia de Saúde da Família. Os resultados acenam para uma convergência entre as percepções de gestores e profi ssionais, no que tange aos desafi os de gestão de recursos humanos em saúde, para a Saúde da Família. Os desafi os apontados surgem como elementos de discussão para assegurar a efetividade da Estratégia de Saúde da Família.

Palavras-chave


Estratégia Saúde da Família. Gestão de recursos humanos. Análise dimensional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2011V10N2ART628

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2