ECOSSISTEMA ESPORTIVO DO “TRIO DE FERRO” PAULISTA: PERCEPÇÕES DE SEUS TORCEDORES

Edson Coutinho da Silva, Alexandre Luzzi Las Casas

Resumo


Este artigo empírico visa compreender e analisar o ecossistema esportivo de três clubes de futebol, de acordo com seus torcedores, além de averiguar as semelhanças e as diferenças entre eles. Para este estudo exploratório, um modelo de ecossistema esportivo foi desenhado, através de um pré-teste com vistas estabelecer dimensões de um ecossistema esportivo às realidades dos clubes brasileiros. Um instrumento com 79 afirmativas (e negativas) foi aplicado em 704 torcedores em nove jogos entre fevereiro e março de 2017. Análise paramétrica – ANOVA – e Post-hoc Schefee foram utilizados para descrever os resultados. Três hipóteses foram apresentadas, mas apenas uma foi alcançada inteiramente. Os resultados mostram que o Corinthians é diferente do Palmeiras e São Paulo; e Palmeiras e São Paulo têm semelhanças em diversos tópicos. No que se refere ao ecossistema esportivo, os mais críticos são: gestão de clube, estádios, parcerias & patrocínios e mídias. 


Palavras-chave


Ecossistema Esportivo; Corinthians; Palmeiras; e São Paulo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2018V17N4ART5856

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2