MERCADO IMOBILIÁRIO BRASILEIRO E COMPORTAMENTO INVESTIDOR: CONHECIMENTO E ATITUDE DE RISCO

Rúbia Oliveira Corrêa, Luiz Marcos de Oliveira Silva, Gustavo Dambiski Gomes de Carvalho, Wesley Vieira da Silva, Bruno Setton Gonçalves

Resumo


O presente estudo verificou a influência do nível de conhecimento e da atitude em relação ao risco percebido sobre o comportamento de investidores no mercado imobiliário brasileiro. A pesquisa em questão se caracteriza como um levantamento de caráter descritivo e em sua abordagem classifica-se como quantitativa. A amostra é do tipo não probabilística por acessibilidade, composta por 113 investidores do mercado supracitado. Para os fins deste estudo, os dados foram coletados por meio de questionários estruturados que ficaram disponibilizados online por meio da ferramenta Google doc. A análise dos dados fez uso do pacote estatístico SmartPLS 3.0. Utilizou-se ainda da Modelagem de Equações Estruturais (MEE). Diante dos achados, foi possível concluir que há influência significante das variáveis independentes deste estudo (atitude do investidor em relação ao risco e grau de conhecimento) sobre a dependente (comportamento consumidor). A análise do modelo estrutural salientou que estas primeiras variáveis conseguem explicar 48,2% do modelo proposto. 


Palavras-chave


Mercado Imobiliário; Conhecimento; Atitude de Risco; Comportamento Consumidor; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2018V17N3ART5829

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2