RELACIONAMENTOS INTERORGANIZACIONAIS E DESEMPENHO: UMA APLICAÇÃO PRÁTICA NA REDE DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BALNEÁRIO AÇORES

Aline Botelho Schneider Venson, Marcelo Lopes Carneiro, Marcus Vinicius Andrade de Lima, Dioggo Venson, Alex Fabiano Wherle

Resumo


Os relacionamentos interorganizacionais têm sido tema de diversos estudos e hipóteses que dão conta da sua importância para o sucesso das organizações. Um modo de classificar a forma dos relacionamentos entre organizações é a proposta por Uzzi (1997),que classifica os relacionamentos em imersos socialmente ou de mercado. Estes relacionamentos interorganizacionais afetam a vida das organizações e são de vital importância para o entendimento do mercado em que as organizações estão inseridas. Neste sentido, essa pesquisa teve como perguntas centrais: Qual o desempenho das organizações socialmente imersas? Seu desempenho é maior por conta desse relacionamento? Existe relação entre o desempenho e o tipo de relacionamento? Para atingir tal objetivo, propomos um modelo de medição de desempenho das organizações envolvidas baseado no MCDA-C, metodologia de apóio a decisão construtivista, aplicado a um conjunto de organizações da construção civil do Balneário Açores, localizado em Florianópolis, Santa Catarina. Esse grupo de organizações foi escolhido por base estudo da imersão social, anterior a essa pesquisa, desenvolvido por Wehrle (2008). Como resultado, foi possível verificar que os relacionamentos imersos afetam o desempenho das organizações, sendo benéficos para as organizações apenas quando essas conseguem gerenciá-los. Portanto, ter muitos relacionamentos imersos pode prejudicar o desempenho das organizações.

Palavras-chave


Relacionamentos interorganizacionais. Imersão social. Desempenho. Metodologia Construtivista de Apoio à Decisão. MCDA-C.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/1984-6975FACES2011V10N1ART529

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Administração FACES Journal

Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2