RELAÇÃO ENTRE ESTILO GERENCIAL E CAPACIDADE ORGANIZACIONAL PARA MUDANÇA: PERSPECTIVAS E DESAFIOS DE UMA EMPRESA DO SETOR DE IMPLEMENTOS RODOVIÁRIOS

Katiuscia Schiemer Vargas, Gilnei Luiz de Moura, Terry Rosado Maders, Tatiane de Andrade Neves Horbe

Resumo


O estudo busca investigar a relação entre o estilo gerencial e os fatores que facilitam ou dificultam a mudança organizacional. Para tanto, a pesquisa tem caráter descritivo, quantitativo, utilizando como delineamento de pesquisa um estudo de caso. A amostra foi composta por 307 colaboradores de uma empresa que vivenciou/está vivenciando processos de mudança. Os resultados demonstraram que, segundo a percepção dos colaboradores, a maioria dos gerentes possui estilo gerencial orientado para a tarefa e, de modo geral, a empresa possui baixa capacidade para efetuar mudanças. Por fim, os resultados das correlações permitem inferir que os estilos gerenciais relacionam-se com os mesmos construtos dos fatores que compõem a capacidade organizacional para mudança. Ou seja, independentemente do foco de atuação do gerente ser orientado às tarefas e resultados, voltado para as relações interpessoais ou se adequar conforme o contexto da situação, a influência sobre a capacidade para mudar é a mesma.


Palavras-chave


Mudança Organizacional. Capacidade Organizacional para Mudança. Estilo Gerencial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2018V17N1ART4617

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2