POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR SOB A ÓTICA DA ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL

Luiz Claudio Louzada, Dimitri Pinheiro de Sant`Anna, Márcio Augusto Gonçalves

Resumo


Este artigo aplica o arcabouço da Organização Industrial no setor hospitalar da Grande Vitória. Utiliza-se do paradigma Estrutura-Conduta e Desempenho, desenvolvido por Scherer e Ross (1990), para mapear a estrutura e analisar o ambiente de concorrência no setor hospitalar da grande vitória.  Na estruturação do trabalho foi utilizada seguinte seqüência de análise: (1) análise sócio-economica; (2) evolução do setor; e, (3) ambiente de concorrência.  Por conseguinte são descritos os fatores predominantes no setor hospitalar, baseado no modelo de Michael Porter (1986), os quais serviram para posicionar o HSP1 no setor hospitalar da Grande Vitória. O resultado da análise consiste em uma sugestão de três focos estratégicos possíveis para o reposicionamento do HSP1 no mercado da Grande Vitória, destacando em cada uma das opções as principais vantagens e desvantagens.


Palavras-chave


Organização Industrial; Estrutura-Conduta-Desempenho; Posicionamento da unidade empresarial; Reposicionamento e riscos.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/1984-6975FACES2015V14N4ART2622

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Administração FACES Journal

Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2