Aprendizagem Organizacional e suas Modalidades: Desenvolvendo a Habilidade Interpessoal nos Programas Trainees

Marcos Gilberto Dos-Santos, Kelly Cristina Brito-de-Jesus, Jader Cristino Souza-Silva, Miguel Angel Rivera-Castro

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar quais modalidades de aprendizagem organizacional mais influenciam o desenvolvimento da habilidade interpessoal em novos gestores. As modalidades de aprendizagem organizacional identificadas na literatura incluem treinamento tradicional, leitura de textos, acesso a banco de dados, comunidades de prática, mentoria, treinamento on-the-job e interações casuais. A partir de uma metodologia quantitativa, foram desenvolvidas e validadas estatisticamente a Escala de Modalidades em Aprendizagem Organizacional (EMA) e uma escala para mensurar a habilidade interpessoal, aplicadas a trainees e ex-trainees de empresas com atuação no Brasil. A partir do uso de análise fatorial exploratória e regressão multivariada, os resultados indicam que a modalidade mentoria é a principal responsável pelo desenvolvimento da habilidade interpessoal, a qual ocorre em caráter formal e informal nesse contexto. 


Palavras-chave


Modalidades em Aprendizagem Organizacional; Habilidade Interpessoal; Mentoria; Aprendizagem Socioprática; Análise Fatorial Exploratória.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2015V14N3ART2308

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2