EXPERIÊNCIAS SOCIAIS QUANDO “AMOR ESTÁ NO AR”: PRAZER E CONTROLE NO AMBIENTE DE TRABALHO

Cintia Rodrigues de Oliveira Medeiros, Eduardo Loebel, Taisa Lopes Cavalheiro

Resumo


De modo geral, do ambiente de trabalho emanam sentimentos e emoções entre pessoas que têm interesses e preocupações comuns ou afins, e que convivem juntos por um período de tempo relativamente longo, criando laços afetivos. Neste estudo, apresentamos uma pesquisa sobre romance no trabalho, com o objetivo de explorar as experiências de relações amorosas no ambiente de trabalho, a partir da manifestação de internautas sobre o assunto. Para conduzir este estudo, utilizamos a pesquisa qualitativa como método de abordagem e a netnografia como estratégia de coleta de dados. Como resultados, identificamos seis experiências das relações amorosas no ambiente de trabalho: vale das emoções, equilíbrio entre o prazer e o dever, união da família, sedução, arena e razão. Ainda, a pesquisa aponta que o romance no trabalho pode ser tanto uma forma de prazer dos empregados bem como uma forma de controle gerencial.


Palavras-chave


ROMANCE, CONTROLE, TRABALHO, TABU, CULTURA

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2015V14N3ART2301

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2