REPUTAÇÃO E QUALIDADE DA GOVERNANÇA CORPORATIVA DAS COMPANHIAS ABERTAS BRASILEIRAS

Leticia Cesar de Lima, Sylvia Rejane Magalhães Domingos, Alessandra Carvalho de Vasconcelos, Sílvia Maria Dias Pedro Rebouças

Resumo


Considerando o inter-relacionamento das temáticas reputação, responsabilidade social e governança corporativa, definiu-se como objetivo da pesquisa analisar a relação entre a reputação corporativa, sob a ótica da sustentabilidade, e a qualidade da governança corporativa das maiores companhias abertas do Brasil. De natureza quantitativa, o estudo descritivo analisou Formulários de Referência e Relatórios Anuais de 2011, e informações dos websites das 100 empresas da amostra. As empresas foram segregadas em dois grupos (1: Com Reputação e 2: Sem Reputação), a partir da participação ou não no ranking das empresas mais sustentáveis segundo a mídia, proxy para reputação. Para a avaliação da associação entre reputação e governança foram utilizados os testes do qui-quadrado de Pearson e de Mann-Whitney. Fundamentado nos resultados dos testes aplicados na amostra, nenhuma evidência pode ser inferida sobre a relação entre a reputação e a qualidade da governança corporativa, contrariando as indicações da literatura corrente sobre o assunto.


Palavras-chave


Reputação. Responsabilidade social. Sustentabilidade. Governança corporativa. Companhias abertas.

Texto completo:

PDF PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2015V14N2ART2034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2