MENSURANDO A INVARIÂNCIA DOS BENEFÍCIOS RELACIONAIS ENTRE BRASILEIROS E CANADENSES

Marcio de Oliveira Mota, Danielle Miranda de Oliveira Arruda Gomes

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar o relacionamento dos benefícios relacionais e seus consequentes entre consumidores brasileiros e canadenses. O estudo compreendeu uma pesquisa transnacional e descritiva de natureza quantitativa. A pesquisa de campo foi realizada junto a 297 brasileiros e 207 canadenses. Os dados coletados foram submetidos a testes estatísticos por meio de medidas de invariância e modelagem em equações estruturais no intuito de testar o modelo teórico proposto. Os resultados indicam que o modelo proposto é estatisticamente invariante, permitindo comparações entre diferentes nações. Os resultados obtidos poderão ser úteis no estreitamento de laços empresariais entre o Brasil e o Canadá.


Palavras-chave


Marketing de Relacionamento; Serviços; Benefícios Relacionais; Invariância; Pesquisa Transnacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2015V14N1ART1956

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2