MBI-GS: APLICAÇÃO E VERIFICAÇÃO PSICOMÉTRICA NA REALIDADE BRASILEIRA

Marcelo da Silva Schuster, Valéria da Veiga Dias, Luciana Flores Battistella, Márcia Zampieri Grohmann

Resumo


O presente estudo tem por objetivo verificar a aplicação da escala MBI-GS (Maslach Burnout Inventory) e suas três dimensões (exaustão, cinismo e eficácia no trabalho) em um hospital público brasileiro com uma população de servidores da área médica e administrativa, caracterizando assim o uso da versão General Survey. A amostra considerada para efeito das análises realizadas foi de 173 profissionais, através da aplicação de questionário estruturado. Os dados foram submetidos a análises quantitativas (análise fatorial exploratória, confiabilidade, teste de correlação e regressão). Os resultados apontam para a aplicabilidade da escala, após procedimentos fatoriais, a escala ficou com 15 variáveis permanecendo com três fatores, apresentando uma confiabilidade de 0,87. A síndrome Burnout correlacionou-se a percepção de Saúde dos trabalhadores, confirmando relação causal na saúde dos trabalhadores. O estudo contribui para o estudo de Burnout no Brasil com a aplicação da MBI-GS de forma inédita em um Hospital Público.

Palavras-chave


Síndrome de Burnout; Saúde, Análise de Regressão; Estresse.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2014V13N4ART1824

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2