A PARTICIPAÇÃO NA LISTA DE EMPRESAS COM MELHORES PRÁTICAS PARA COM OS FUNCIONÁRIOS E SEU IMPACTO NA PERFORMANCE: UM ESTUDO EMPÍRICO SOB A LÓGICA DA RBV (RESOURCE-BASED VIEW)

Ludwig Miguel Agurto Berdejo, Reinaldo Guerreiro

Resumo


Neste trabalho empírico, procuram-se evidências do impacto na performance das empresas decorrente da participação da organização na lista de empresas com melhores práticas para com os seus empregados (MPE). O trabalho sustenta-se no construto da resource-based view (RBV) da empresa, estruturado em Barney (1991), entendendo a presença da empresa nas listagens de MPE como um recurso idiossincrático e difícil de ser imitado, o que leva a considerar este recurso como uma fonte de vantagem competitiva sustentável. O objetivo deste trabalho é verificar se a presença constante na lista de MPE no período de 2004 a 2006 proporciona uma performance financeira, medida pelo ROA e ROE, e de mercado, medida pelo Q de Tobin, superior em relação a um grupo de empresas comparáveis incluídas dentro de um grupo de controle. O período completo da análise compreende de 2001 a 2006, tendo sido testados 26 pares de empresas. Usando o Teste Wilcoxon, observouse que, para o ano de 2006, as amostras apresentam uma diferença significativa ao nível de 5% para o ROA e de 3% para o ROE evidenciando um melhor desempenho das empresas pertencentes à lista de MPE. Adicionalmente, usando a técnica de dados em painel, observou-se que a variável que denota a quantidade de participações que a empresa possui na listagem das MPE para o período de 2001 a 2006 apresenta significância para um nível menor do que 10%, contribuindo para o modelo do valor da empresa medido pelo Q de Tobin. Desta forma, este trabalho traz evidências que contribuem para demonstrar que a performance foi positivamente impactada pela sustentação de capacidades intangíveis e socialmente complexas. Com a sustentação destas capacidades podendo dificultar a sua imitação por concorrentes atuais e futuros.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2009V8N3ART157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2