INDICADORES QUALITATIVOS DE GESTÃO PARA INCUBADORAS E EMPRESAS EMPREENDEDORAS INCUBADAS: UM ESTUDO LONGITUDINAL

Sergio Bulgacov, Yára Lúcia Mazziotti Bulgacov, Diego Iturriet Dias Canhada

Resumo


Na literatura de gestão, são inúmeros os trabalhos que suportam a importância das incubadoras no apoio a projetos de empresas empreendedoras. Por outro lado, existem igualmente estudos que apontam um potencial reprimido no que diz respeito à aprendizagem e a transferência de conhecimento entre ambas. Nesse sentido, tendo presente a importância social e econômica local das incubadoras e de empresas empreendedoras, e a insuficiente sistematização do conhecimento prático acumulado nesta área, este trabalho apresenta proposta de indicadores qualitativos de gestão. Utiliza como base teórica a concepção de gestão enquanto prática social e uma aproximação com o uso de indicadores e a literatura de gestão de incubadoras. Desenvolveu-se uma pesquisa longitudinal junto a 18 incubadoras e 118 empresas incubadas no Estado do Paraná, o que permitiu identificar e caracterizar cinco grupos de indicadores para a formação de novos gestores, sendo estes: (1) Pré Incubação e a Viabilidade do Negócio; (2) Financeiros; (3) de Mercado; (4) de Processos Internos e Interorganizacionais; e (5) de Pessoas e Desenvolvimento. Espera-se que os indicadores sugeridos sirvam, principalmente, para ampliar o debate em busca do entendimento a respeito do complexo fenômeno do empreendedorismo, da incubação e do apoio a sua gestão.

Palavras-chave


Indicadores, Incubadoras, Incubadas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2009V8N2ART147

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2