STAKEHOLDERS NA ATIVIDADE HOSPITALAR: UMA INVESTIGAÇÃO SETORIAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

Paulo Cesar Gonçalves, João Maurício Gama Boaventura, Benny Kramer Costa, Adalberto Américo Fischmann

Resumo


O objetivo deste trabalho consiste em descrever a dinâmica do setor hospitalar no Estado
de São Paulo, buscando revelar como os stakeholders daquele setor interagem. Caracteriza-
se como um estudo da área de estratégia aplicado a análise de um setor. Trata-se de um
estudo exploratório, com abordagem qualitativa, em que a coleta de dados foi realizada por
meio de entrevistas com especialistas pertencentes a distintos grupos de stakeholders. O
método empregado é a análise de stakeholders, o qual busca a identificação dos stakeholders
de maior influência de um setor e verifica como seus interesses e ações definem a
dinâmica do mesmo. Os especialistas pertenciam a diferentes grupos de stakeholders , medida
que demonstrou ter sido eficiente, pois, em virtude do conhecimento diversificado dos
especialistas consultados, foi possível um levantamento de variáveis que abrangeram diversos
aspectos. Os resultados revelaram que os stakeholders mais influentes do setor são:
Pacientes, Saúde Suplementar, Ministério da Saúde, Concorrentes, Médicos, Indústria de
Equipamentos Hospitalares, Indústria Farmacêutica e Indústria de Material Médico-Hospitalar.
Verificou-se também que as variáveis ambientais de maior influência são: política governamental
de saúde, inovações tecnológicas do setor hospitalar, poder aquisitivo da população,
taxas de juros e idade média da população.

Palavras-chave


Análise de stakeholders, Análise do ambiente empresarial, Estratégia, Setor hospitalar, Consulta a especialistas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2008V7N2ART118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Administração FACES Journal
ISSN 1984-6975 (online)
Classificação Qualis-CAPES - B2