A Drenagem Linfática manual aplicada em gestantes

Thaís Andrade Roza

Resumo


No período gestacional, ocorrem intensas alterações e adaptações no organismo feminino e estas alterações levam as gestantes a relarem incômodos desde desconforto a edema dos membros. A drenagem linfática é uma das técnicas de massoterapia utilizada para diminuição do edema gestacional. O problema proposto foi quais os benefícios associados a drenagem linfática manual em gestantes? O objetivo foi descrever os efeitos da técnica de drenagem linfática em gestantes, por meio da revisão de literatura. Especificamente, pretendeu-se identificar artigos científicos que relacionassem o uso da drenagem linfática e gestantes além de descrever os resultados apontados nos estudos. Foi realizado estudo bibliográfico descritivo. Os resultados apontaram sete artigos que tratavam do tema sendo três teóricos e quatro aplicados. Todos ressaltaram benefícios na adoção da técnica em gestantes. Novos questionamentos foram indicados para estudos futuros com foco na discussão e compreensão do assunto.


Texto completo:

PDF

Referências


Borges, F. S. (2006). Dermato-funcionais modalidades terapêuticas nas disfunções estéticas. São Paulo: Editora Phorte. p.541

Emrich, Lima Marina (2013). Drenagem linfática manual aplicada em gestantes. Artigo de trabalho em Especialização Fisioterapia dermatofuncional. Pontifícia Universidade de Goiás. 2013. p.16

Fonseca, J. J. S. D. (2002). Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 65-75. Fonseca, F. M., Pires, J. L. V. R., Magalhães, M. G., Paiva, F. A., Sousa, C. T., & Bastos, V.

P. D. (2009). Estudo comparativo entre a drenagem linfática manual e atividade física em mulheres no terceiro trimestre de gestação. Fisioterapia ser,4(4), 225-33.

Gil, A. C. (2005). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999. Como elaborar projetos de pesquisa, 4.

Godoy, José Maria Pereira de,&Godoy, Maria de Fátima Guerreiro. (2004). Drenagem linfática manual: novo conceito. Simpósio de linfologia. J Vasc Br 2004;3(1):77-80.

Machado, Bruna. (2014). Toque sensível: descubra o que a drenagem linfática tem de especial. Revista Ikesaki, 13/ago/2014. Recuperado em 14 de Março de 2016, dehttp://portal.ikesaki.com.br/noticia//toque-sensivel-descubra-o-que-a-drenagem-linfatica- tem-de-especial.html.

Mantle, J., & Polden, M. (2002). Fisioterapia em ginecologia e obstetrícia. São Paulo (SP): Editora Santos.

Rebello, Correa Patrícia & Mejia, Maia Priscila dayana. (2013).Benefícios da drenagem linfática manual em paciente com edema de membros inferiores no sétimo mês gestacional recuperado em:14 de março de 2016, de https://www.researchgate.net/publication/268383463_Beneficios_da_drenagem_linfatica_ma nual_em_paciente_com_edema_de_membros_inferiores_no_setimo_mes_gestacional.

Silva, M.D., & Brongholi K. (2007). Drenagem linfática corporal no edema gestacional.

Revista Interbio. v.1, n.2. jun/2007.

SIAB. Sistema de atenção básica a saúde. (2013). Recuperado em 23 de maio de 2016, de http://www.deepask.com.br/goes?page=confira-o-numero-de-gestantes-no-brasil

Tortora, G. J., & Derrickson, B. (2012). Corpo humano: fundamentos de anatomia e fisiologia. Artmed Editora.

Wolf, Evelyn Roberta, Theiss, Tatiane,& Dell´Antonio, Fabiane(2011) Importância da drenagem Linfática em gestantes. Recuperado em 14 de março de 2016, de http://docplayer.com.br/10898489-Importancia-da-realizacao-de-drenagem-linfatica-em- gestantes.html

Zugaib, Marcelo, & Ruocco, Maria Rosa. (2005). Pré-natal Obstetrícia De Medicina Da USP. São Paulo: Atheneu, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.