ELABORAÇÃO E APLICAÇÃO DE UM SISTEMA PARA LEVANTAMENTO DE PASSIVOS AMBIENTAIS EM RODOVIAS

Cristiano Geraldo Teixeira Silva

Resumo


O sistema rodoviário é, no Brasil, o principal meio de transporte de pessoas e de cargas. A construção de novas rodovias, ou a melhoria das existentes, busca atender à crescente demanda por desenvolvimento econômico e social de uma região. Mas, os projetos rodoviários e obras de engenhara em geral interferem no meio ambiente, gerando consequentemente passivos ambientais. O passivo ambiental é uma dívida relacionada a estes impactos causados pela execução da obra ou por terceiros, lindeiros à rodovia. Desta forma, o objetivo deste projeto foi a criação e a aplicação de um software intitulado SILPAR (Sistema de Informações para Levantamento de Passivos Ambientais em Rodovias) para apoiar e melhorar a determinação de soluções e custos para a recuperação das áreas comprometidas. Também foi realizada uma comparação entre metodologias de levantamento de passivos ambientais e o sistema desenvolvido para avaliar as características de registro e tratamento. Através desta comparação e da utilização do software em um estudo de caso foi possível constatar vantagens em utilizar um sistema unificado frente às outras metodologias abordadas.

Palavras-chave


Passivos ambientais, Projetos Rodoviários, Sistema de Informação

Texto completo:

PDF

Referências


BID. Departamento de Infra-estrutura de Transportes do Estado do Espírito Santo. Edital de Serviços: Projeto de Reabilitação e Melhorias de Rodovias do Espírito Santo II (Programa BID II Revisado). Espirito Santo, 2014.

DERBA. Departamento de Infra-estrutura de Transportes da Bahia. Solicitação de Propostas: Projeto Integrado de Gerenciamento das Rodovias Estaduais da Bahia. Bahia: DER/BA, 2014.

DERSP. Departamento de Estradas e Rodagem. Levantamento e Cadastro de Passivos Ambientais. São Paulo: DER/SP, 2007.

DNER. Departamento Nacional de Estradas e Rodagem. Diretrizes básicas para elaboração de estudos e projetos rodoviários. Rio de Janeiro: DNER, 1999.

DNIT. Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. Manual para Atividades Rodoviárias Ambientais. Rio de Janeiro: DNIT, 2006.

GALVES, M. L.; AVÓ, A. M. Investigação do passivo ambiental de rodovias por meio de indicadores de impacto. Seminário Nacional sobre a Variável Ambiental em Obras Rodoviárias, 1999, Foz do Iguaçu. Anais, 1999. v.1. p.329-333.

MALAFAIA, R. M. S. Passivo Ambiental: Mensuração, Responsabilidade, Evidenciação e Obras Rodoviárias. IX SINAOP. Rio de Janeiro: TCE-RJ, 2004.

MME. Ministério de Minas e Energia. Departamento de Engenharia e Meio Ambiente. Passivos Ambientais. Rio de Janeiro: MME, 2000.

PRESSMAN, R. Engenharia de Software. 7 ed. São Paulo: Macgraw Hill, 2011, 776 p.

SANCHEZ, L. E. Avaliação de impacto ambiental: conceitos e métodos . 2ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2013, 563 p.

SILVA, C. G. T.; MURTA, L. M. L. S; BARRETO, P. O.; GLAUSS, R. A. Elaboração e Aplicação de um Sistema Especialista para Levantamento de Passivos Ambientais em Rodovias. Belo Horizonte: Universidade FUMEC, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.