MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS EM ESTRUTURAS DE AÇOS: ESTUDO DE CASO DA FEIRA DA 304 SUL EM PALMAS/TO

Gabriel Luan Paixão Mota, Hadassa de Alcântara Queiroz Gonçalves, Kamilla Maysa Alves Rodrigues, Wesley Damacena Cardoso

Resumo


Este artigo tem por finalidade o estudo das manifestações patológicas em estrutura metálica, procurando identificá-las e indicar suas possíveis causas e soluções. Como objeto de estudo tem-se a edificação de uma feira de alimentos, localizada na quadra da 304 Sul na cidade de Palmas no estado do Tocantins. A estrutura da edificação é toda em material metálico, possuindo o local grande importância turística e econômica para a cidade de Palmas, em razão  da vasta variadade de alimentos locias e regionais. Além disso, fornece meios de divulgação de forma direta aos pequenos produtores, gerando assim renda para as famílias desses e circulação de capital. Ao tratarmos de patologias, estamos  referindo-se a "doença", falhas no sistema estrutural de uma edificação, em virtudes de varias ações decorridas. Na edificação foram identificadas regiões cujos elementos estruturais em aço foram danificados com processo de corrosão, sem no entanto, comprometer a capacidade resistente. Para a resolução destes defeitos é necessário a remoção do produto oriundo da corrosão e recuperação da pintura, garantindo maior estética e vida útil para a estrutura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES

diadorim sumarios

CONSTRUINDO

ISSN 2318-6127 (online)
ISSN 2175-7143 (impressa)
Faculdade de Engenharia e Arquitetura da Universidade FUMEC
Escola de Engenharia da UFMG
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto