ANÁLISE PATOLÓGIA ATRAVÉS DO ENSAIO NÃO DESTRUTIVO UTILIZANDO RESISTIVIDADE ELÉTRICA SUPERFICIAL DO CONCRETO

Eduardo Brandão Diniz Lage, Josiane Moraes Costa, Sarah Silva Azzi, Emanuelle Galvão de Campos, Fabiana Madeira de Araújo

Resumo


As patologias podem ser definidas como o estudo dos desgastes e dos danos ocorridos nos materiais das edificações. Estas anomalias podem se manifestar de várias maneiras como: infiltrações, trincas, fissuras ou excesso de umidade na estrutura. As patologias oriundas da umidade são frequentemente observadas em todo tipo de obra e são extremamente perigosas para a armação metálica. O presente artigo consiste em analisar e identificar uma patologia higroscópica em um pilar de estrutura de concreto na cidade de Pompéu/MG, utilizando ensaios não destrutivos integrados baseados na resistividade elétrica. Serão apresentados valores e técnicas capazes de prevenir o surgimento dessas patologias. Palavras

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES

diadorim sumarios

CONSTRUINDO

ISSN 2318-6127 (online)
ISSN 2175-7143 (impressa)
Faculdade de Engenharia e Arquitetura da Universidade FUMEC
Escola de Engenharia da UFMG
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto