ESTIMATIVA DO MÓDULO DE ELASTICIDAE À FLEXÃO DE TORAS DE MADEIRA POR MEIO DE VIBRAÇÃO TRANSVERSAL LIVRE

Marcelo Rodrigo Carreira, Pedro Gutemberg de Alcântara Segundinho, Antônio Alves Dias

Resumo


As toras destinadas à aplicações estruturais necessitam passar por um processo de avaliação de qualidade a fim de verificar se suas propriedades mecânicas atendem aos requisitos de projeto. O mais antigo método de avaliação consiste em inspecionar visualmente a superfície das toras. Porém, a impossibilidade de examinar a integridade interna do material é uma das maiores desvantagens desse método. Dessa maneira, a inspeção visual sempre deve ser acompanhada de algum método complementar de Avaliação Não-Destrutiva (AND) dentre os quais os maios utilizados são o ensaio de flexão estática e os ensaios dinâmicos de ultrasom e vibração transversal. Este trabalho apresenta um estudo experimental sobre a estimativa do módulo de elasticidade à flexão de toras de madeira por meio de ensaios de vibração transversal. Dez toras de Eucalyptus citriodora com comprimento de cerca de 4,5 metros e diâmetro médio de 16 cm foram submetidas a ensaios de flexão estática e vibração transversal. A análise dos resultados mostrou uma boa correlação entre os módulos de elasticidade estático e dinâmico indicando que o ensaio de vibração pode ser empregado para avaliar com boa exatidão a rigidez à flexão de toras de madeira.

Palavras-chave


Avaliação Não-Destrutiva, rigidez à flexão, toras

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES

diadorim sumarios

CONSTRUINDO

ISSN 2318-6127 (online)
ISSN 2175-7143 (impressa)
Faculdade de Engenharia e Arquitetura da Universidade FUMEC
Escola de Engenharia da UFMG
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto