Slow fashion: conceitos que estabelecem essa cultura de consumo – uma revisão

Leticia Nardoni Marteli, Luis Carlos Paschoarelli, Paula da Cruz Landim, Franciele Menegucci

Resumo


A sustentabilidade é um dos grandes desafios do design devido ao consumo exacerbado de produtos que resultam no desuso e, (in)consequente, no descarte. O consumo consciente é uma tendência caracterizada pela forma desacelerada de produzir e comprar artigos de moda, bem como reuso de materiais em formas que não agridam o meio ambiente, através de técnicas artesanais, que juntas denominam o upcycling. Nesta concepção, fica clara a necessidade de aproveitamento dos retraços, utilizando e adequando formas estéticas para novos produtos, assim as empresas poderiam se beneficiar, além de promover a visibilidade de um produto inovador, valorizando esse recurso de aproveitamento, sendo possível realimentar a indústria da moda com objetos sustentáveis. A partir destes pressupostos, o objetivo deste estudo foi entender o movimento slow fashion e apresentar técnicas do design de superfície como alternativas para inovações estéticas em produtos vinculados ao conceito upcycling. Para isto, são apresentados e discutidos conceitos que estabelecem essa cultura de consumo.

 

 


Palavras-chave


Upcycling. Design. Sustentabilidade. Slow fashion. Moda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda

Revista Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda
ISSN 2318-5724 (on-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Engenharia e Arquitetura.