ALICE EM UM PAÍS NONSENSE

Alice Almeida Lobo, Andrea Lomeu Portela

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar um projeto em design de moda que utilizou o método de interseção, que consiste na escolha de dois temas a fim de encontrar elementos comuns entre ambos para criar uma coleção de moda com caráter original. O primeiro dos temas abordados será Alice no País das Maravilhas, um livro do período vitoriano que criticava sutilmente o sistema vigente, além de abordar um tipo de escrita nonsense de Lewis Carrol e como sua personalidade interferiu em sua forma de escrever. O segundo tema é o movimento punk da década de 1970, como ele iniciou na década anterior, e como sua estética era apresentada como forma de protesto. Destacamos ainda, a estilista Vivienne Westwood considerada a rainha do punk. Características como o deboche, a loucura, e a falta de sentido foram abordadas como encontro dos elementos que resultaram na coleção Alice em um País Nonsense e que foi apresentada no desfile Sonhos e Devaneios no ano de 2017.


Palavras-chave


Design de Moda. Alice no País das Maravilhas. Punk.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda

Revista Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda
ISSN 2318-5724 (on-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Engenharia e Arquitetura.