O Vestuário escrito & o Vestuário-Imagem

Valéria Said Tótaro

Resumo


O presente artigo busca contextualizar os conceitos barthesianos de Vestuário-
Imagem e Vestuário-Escrito na descrição de looks vintage cotidianos,
publicados em um site de moda ética, no contexto do Slow Fashion Vintage,
expressão cunhada por esta autora, em sua recente dissertação de mestrado
(Mimeo). O termo é um hibridismo conceitual entre a Cultura Vintage, em sua
dimensão política, ética e filosófica (ainda pouco estudado academicamente,
nesses vieses) e o Slow Fashion, movimento de contracorrente ao Fast-
Fashion, pois defende um consumo mais responsável na moda, denunciando
os nocivos impactos sociais e ambientais dessa indústria para o planeta. E, no
contexto do Slow Fashion Vintage, a divulgação de imagens de looks vintage -
que exigem certo capital cultural para sua produção - com descrições
detalhadas sobre a utilização de peças datadas do século XX, garimpadas em
brechós vintage ou herdadas de familiares e misturadas a contemporâneas,
tem potencial para ser uma contranarrativa estilística, afetiva e ética ao Fast-
Fashion.


Texto completo:

Visualizar

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda

Revista Achiote.com - Revista Eletrônica de Moda
ISSN 2318-5724 (on-line)
Universidade FUMEC
Faculdade de Engenharia e Arquitetura.